Economia

Fintech Dank Bank chega ao mercado para oferecer nova experiência aos usuários e estima faturamento de R$ 10 milhões

Fundado em 2020, o Dank! é um banco digital de origem jaraguaense, que traz em seu DNA, a gratidão

10/05/2021

Por

Fintech Dank Bank chega ao mercado para oferecer nova experiência aos usuários e estima faturamento de R$ 10 milhões

O universo bancário tem se transformado expressivamente ao longo dos últimos anos. Com o avanço tecnológico, novos modelos de instituições financeiras ganham destaque para trazer agilidade e menor burocracia no dia a dia dos usuários.

Leia mais

Nesse contexto, o Dank Bank, fintech que visa proporcionar maior experiência aos usuários por meio de iniciativas sociais e sustentáveis, chega ao mercado com o apoio da tecnologia para oferecer um serviço personalizado aos seus clientes. Originado do alemão, o nome da startup significa “gratidão”, palavra que faz parte de seu DNA.

De origem catarinense, o Dank Bank atua tanto com Pessoa Física quanto Pessoa Jurídica, ofertando serviços como conta digital sem qualquer anuidade; cartão pré-pago Visa Internacional, o Dank Card; seguros de vida e pet; consórcios; e assim por diante.

Outra solução importante são as Maquininhas Dank, que viabiliza a entrada do banco ao mercado de adquirência. Além disso, conta com cartilhas para auxiliar seus clientes em sua educação financeira. Para o futuro, a instituição desenvolve novos projetos, como uma rede conveniada, garantindo descontos exclusivos aos usuários.

Tiago Coelho, CEO da fintech, explica que a ideia de criar o banco veio, principalmente, com o propósito de revolucionar o mercado financeiro, agregando a seus valores iniciativas sociais.

“Nosso banco conta com toda a formatação de atendimento bancário, como TED, DOC, Crédito, entre outros. O diferencial está na nossa preocupação com causas de impacto social, contamos com ONGs e Associações parceiras para ajudar a cidade como um todo. Nesse sentido, desenvolvemos projetos de seguros que, parte do valor arrecadado será revertido em doações. Um projeto que participaremos, por exemplo, é o de mobilidade social”, explica.

Outra frente importante do Dank Bank é o FIDC – Fundo de Investimento em Direitos Creditórios. Para este ano, a fintech inova, por meio de sua plataforma eletrônica, atrelada ao banco digital com recursos financeiros que tem como origem capital próprio.

Deste modo, são projetados, aproximadamente, R$ 15 milhões em antecipação de recebíveis. Quando somados todos os serviços, são cerca de 5 mil usuários. “Estamos muito animados com os números que estamos alcançando. Sem dúvidas, nosso fundo de investimento tem um diferencial que está sendo reconhecido pelos nossos clientes”, aponta Tiago.

O executivo ressalta, ainda, outros projetos em desenvolvimento. O primeiro é o lançamento do PIX em seu sistema. Além disso, junto ao Banco Central, a fintech lançará a SCD – Sociedade Crédito Direto, que tem como objetivo a realização de empréstimo, financiamento e consignado.

A expectativa é captar mais 6 mil novos clientes, sendo 70% Pessoa Física e 30% Pessoa Jurídica. Com isso, estima-se um faturamento de R$ 10 milhões em 2021.

“Estamos em um mercado altamente competitivo, de modo que oferecer novos serviços aos usuários é essencial para que eles permaneçam ativos. Entendemos que agregar novas soluções possibilita experiências cada vez mais satisfatórias aos nossos clientes, como facilidade e rapidez em sua vida financeira”, finaliza o CEO.

 Saiba mais em: https://www.dankbank.com.br/

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x