Educação

Formação continuada qualifica professores da Capital do Arroz

Professores da educação infantil, anos iniciais e finais do ensino fundamental, auxiliares de sala, gestores e orientadores têm se mobilizado a participar dos momentos de formação

25/05/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Formação continuada qualifica professores da Capital do Arroz

O ano de 2021 apresenta, mais uma vez, aos profissionais da educação, desafios a serem trabalhados a fim de qualificar os processos de ensino e de aprendizagem. Os estudantes apresentam potenciais a serem desenvolvidos, mas, também, significativas dificuldades de aprendizagem que precisam ser superadas, agora, dentro da configuração do sistema híbrido de ensino.

Leia mais

Nessa ótica, é preciso pensar a formação continuada dos professores para que estes possam qualificar a mediação pedagógica em suas aulas e, com o apoio responsável das famílias, superar as lacunas existentes. A secretaria de Educação de Massaranduba, juntamente com os profissionais envolvidos, têm empreendido esforços para a formação dos professores e demais profissionais, contemplando diferentes níveis e áreas do conhecimento.

Professores da educação infantil, anos iniciais e finais do ensino fundamental, auxiliares de sala, gestores e orientadores têm se mobilizado a participar dos momentos de formação. Por conta das restrições sanitárias e epidemiológicas vividas com a pandemia da Covid-19, a maioria dos momentos de formação está acontecendo no formato on-line.

Há professores externos que conduzem e acompanham a formação dentro das suas especialidades, bem como a equipe pedagógica da secretaria de Educação que, ativamente, atua e conduz parte desse contínuo movimento de aprendizagem docente.

Melhoria da prática pedagógica é parte dos objetivos

De acordo com a secretaria, na educação infantil, professores e auxiliares de sala têm refletido, em suas formações, temáticas voltadas à Arte e à Musicalização, aos aspectos teóricos e metodológicos quem fazem parte do dia a dia dos Centros de Educação Infantil, como rotinas, planejamento, metodologias e avaliação, sensibilizando, também, os docentes para o processo de auto formação continuada, considerando a BNCC e a Diretriz Municipal da Educação Infantil. 

No ensino fundamental – anos iniciais – os professores participam de um momento de formação que inclui pensar a prática pedagógica na dimensão teórico-prática em relação à organização do planejamento, da avaliação, dos fundamentos matemáticos, da necessidade de um olhar diferenciado para as particularidades que cada estudante apresenta. Além disso, há um olhar especial voltado à alfabetização para que esse processo transcorra da melhor forma possível.

Nos anos finais, no decorrer do ano, serão contempladas diferentes áreas do conhecimento. Atualmente os professores de matemática, arte e inglês estão com a formação em andamento e para o segundo semestre, outras áreas do conhecimento serão trabalhadas. Ainda no contexto da educação infantil e ensino fundamental, os auxiliares de sala que acompanham estudantes com deficiência e demais professores fazem parte de um movimento de formação continuada iniciado em fevereiro. O mesmo seguirá com encontros semanais até junho.

Também os das instituições de ensino iniciaram um processo formativo refletindo acerca dos aspectos administrativos, burocráticos e pedagógicos, bem como funções e competências gestoras, alinhando as ações desenvolvidas com as normativas vigentes, tanto em nível federal, estadual e municipal.

Esta formação está sendo conduzida pela secretária de Educação, Diva Spezia Ranghetti. Com os orientadores, ocorre um processo similar, porém, focando no pedagógico, na busca de subsidiar os professores pedagogicamente na condução, organização e melhor aproveitamento das aulas.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x