Cultura

Fundação Cultural de Guaramirim divulga calendário de apresentações da Lei Emergencial Aldir Blanc de janeiro

Em janeiro serão 10 apresentações, entre elas, dança, teatro e contação de histórias.

07/01/2021

Por

Fundação Cultural de Guaramirim divulga calendário de apresentações da Lei Emergencial Aldir Blanc de janeiro

Neste sábado (9), terá início o Cronograma Cultural de Guaramirim com uma série de apresentações artísticas e vídeo-aulas de projetos beneficiados pela Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc N°14.07/2020, do Governo Federal.

A Fundação Cultural de Guaramirim, que coordenou os editais no município, organizou o cronograma com as contrapartidas dos proponentes aprovados nos editais.

A primeira apresentação será no sábado (9), às 17h, com a videoaula “Mixagem Descomplicada”, do proponente Gilson Postai (GS Sonorização).

A transmissão será através do Facebook GS Sonorização Locadora e compartilhada na página da Prefeitura de Guaramirim. Ao todo, serão apresentados 22 projetos, entre espetáculos teatrais, musicais e vídeo-aulas. As apresentações de fevereiro serão divulgadas em breve. 

Confira o cronograma de janeiro

Os projetos são frutos dos editais 01/2020 e 02/2020 realizados pela Prefeitura de Guaramirim, através da Fundação Cultural, com a verba enviada pelo Governo Federal para auxiliar os agentes culturais prejudicados pela pandemia.

Foram contemplados 6 projetos pelo edital 01/2020 e 20 projetos pelo segundo edital. Os projetos que requerem contrapartida presencial, serão executados após a pandemia e em data a combinar com a Fundação Cultural de Guaramirim. 

O Edital de Chamamento Público 01/2020 teve por finalidade subsidiar a manutenção de espaços artísticos e culturais, microempresas e pequenas empresas culturais, cooperativas, instituições e organizações culturais comunitárias que tiveram as suas atividades interrompidas por força das medidas de isolamento social, em observância ao disposto no inciso II do caput do art. 2º da Lei nº 14.017, de 2020.

Já o Edital de Chamamento nº 02/2020 visava a concessão de prêmios, no qual o agente cultural que estiver apto a receber dividirá, com os demais agentes aptos, o montante de R$ 228 mil. Em ambos os editais, os proponentes devem dar contrapartida para a comunidade.

Com informações da assessoria de imprensa

 

Receba as notícias do JDV no seu WhatsApp!

Notícias relacionadas

x