Mundo

Furacão Ida causa transtornos e pelo menos nove pessoas morreram nos EUA

O Ida atingiu os Estados Unidos como um furacão de categoria 4 no domingo, exatos 16 anos após o Katrina devastar a Louisiana e o Mississippi

02/09/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Furacão Ida causa transtornos e pelo menos nove pessoas morreram nos EUA

Mike Segar/Reuters

Pelo menos duas cidades americanas declararam nesta quinta-feira (2), estado de emergência após a passagem do furacão Ida que causou inundações significativas.

O Ida atingiu os Estados Unidos como um furacão de categoria 4 no domingo (30), exatos 16 anos após o Katrina devastar a Louisiana e o Mississippi, e foi rebaixado para tempestade tropical na segunda-feira (30), mas continua causando estragos pelo país.

De acordo com o G1, ao menos nove pessoas morreram em Nova York e em Nova Jersey devido à tempestade tropical e já deixou outras seis mortes e rastros de destruição no Sul do país. 

A polícia de Nova York confirmou sete mortes, incluindo uma criança de dois anos, um homem de 50 anos e uma mulher de 48 anos que foram encontrados inconscientes dentro de uma casa na noite de quarta-feira (1). Duas mortes foram relatadas em Nova Jersey.

A governadora de Nova York, Kathy Hochul, e o governador de Nova Jersey, Phil Murphy, declararam estado de emergência. O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, também declarou emergência na cidade.

Recorde de chuva

Nova York registrou a maior quantidade de chuva em um dia em pelo menos 152 anos: foram medidos mais de 18 centímetros de água no Central Park, segundo a rede de televisão CNN.

É a maior quantidade desde 1869 (quando as medições começaram a ser feitas) e quase o dobro do recorde anterior (9,75 centímetros em 1927).

O município de Newark, em Nova Jersey, também registrou um novo recorde diário de chuva na quarta-feira (1): 21,3 centímetros, quase o quádruplo do recorde anterior (5,6 centímetros em 1959).

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x