Corupá

Gestantes e puérperas podem receber a segunda dose da vacina contra covid-19 de outro fabricante em Santa Catarina

A segunda dose deverá ser aplicada no intervalo previamente agendado, respeitando o prazo previsto para o imunizante da primeira dose

26/07/2021

Por

Gestantes e puérperas podem receber a segunda dose da vacina contra covid-19 de outro fabricante em Santa Catarina

O Ministério de Saúde informou na última sexta-feira (23) que mulheres vacinadas com a primeira dose da AstraZeneca/Fiocruz, que sejam gestantes ou no puerpério (período de 45 dias pós-parto), devem tomar a segunda dose de outro laboratório. A preferência é que seja com a Pfizer, mas na ausência desta, poderá ser usada a Coronavac (Sinovac/Butantan).

Leia mais:

A segunda dose deverá ser aplicada no intervalo previamente agendado, respeitando o prazo previsto para o imunizante da primeira dose.

O superintendente de vigilância em saúde, Eduardo Macário, ressalta que a decisão do Ministério vem ao encontro ao que estava sendo discutido no estado.

“O Comitê Técnico Assessor de Imunização da Secretaria de Saúde, formado por especialistas em infectologia e imunização, havia sinalizado, baseado em estudos, que os benefícios da intercambialidade de doses da vacina contra a Covid-19 em gestantes e puérperas superavam os riscos. Além disso, é importante que esse público esteja vacinado com as duas doses para a proteção completa”, explica o superintendente.

Antes era recomendado que gestantes e puérperas que tomaram a primeira dose de AstraZeneca/Fiocruz esperassem a gestação e o período puérpero acabar para tomar a segunda dose do mesmo fabricante.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x