Economia

Governo catarinense investe mais de R$ 19 milhões na compra de ar condicionados para salas de aula em 2021

As 394 escolas contempladas com as entregas estão localizadas nos territórios correspondentes a 33 Coordenadorias Regionais de Educação

10/01/2022

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Governo catarinense investe mais de R$ 19 milhões na compra de ar condicionados para salas de aula em 2021

Pedro Cureau/SED

Desde o dia 18 de fevereiro de 2021, a secretaria de Educação de Santa Catarina já investiu R$ 19,87 milhões na aquisição e instalação de 3.366 aparelhos de ar condicionado para 394 escolas. 

“Estamos trabalhando para que essa iniciativa avance e alcance ainda mais salas de aula. Investir no conforto e bem-estar dos nossos alunos e profissionais faz toda a diferença no processo de ensino e aprendizagem”, comenta o governador , Carlos Moisés.

As 394 escolas contempladas com as entregas estão localizadas nos territórios correspondentes a 33 Coordenadorias Regionais de Educação. 

Ao todo, 197,4 mil estudantes matriculados nas escolas que receberam os equipamentos foram beneficiados com a instalação dos equipamentos em 2021.

“Nossos investimentos para melhorar o ensino em Santa Catarina são baseados no tripé de valorização dos professores, aquisição de equipamentos tecnológicos e, é claro, melhoria da infraestrutura. Esta dinâmica já deu muito resultado em 2021 e segue também neste ano. Garantir que as salas de aula tenham ar condicionado é proporcionar conforto e melhores condições para nossos alunos e professores”, afirma o secretário Luiz Fernando Vampiro

O valor investido inclui equipamentos de 30.000 BTUs, modelo que é adquirido para instalação em salas de aula e garantir o conforto dos estudantes. Dos 3.366 aparelhos, 3.257 foram adquiridos com investimento próprio da secretaria e outros 109 com recursos de emendas parlamentares.

A ata de registro de preços vigente para aquisição de aparelhos de ar condicionado para as escolas prevê a compra e instalação de cerca de oito mil unidades, a depender da necessidade identificada pela pasta. 

É possível garantir que mais escolas sejam contempladas em novas fases de entrega, pois diversas estruturas passam por reformas e adaptações na rede elétrica para terem condições de receber os aparelhos nos próximos meses.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp! 

Notícias relacionadas

x