Estadual

Índice de balneabilidade de pontos próprios para banho em SC sobe para 65,3%

Foram acrescidos pelo Instituto cinco novos pontos de coleta

22/01/2022

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Índice de balneabilidade de pontos próprios para banho em SC sobe para 65,3%

Divulgação IMA/SC

O Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) divulga nesta sexta-feira (21), o sétimo relatório de balneabilidade da temporada de verão. O novo relatório traz novidades. Foram acrescidos pelo Instituto cinco novos pontos de coleta sendo eles: um ponto na Praia de Itapoã em Itapoá, um ponto na Praia Cerro em Barra Velha, e três pontos em Governador Celso Ramos sendo um ponto na Praia de Calheiros, um ponto na Praia de Ganchos de Fora e um ponto na Praia de Palmas.

Desta forma, dos 236 pontos analisados na pesquisa 154 estão próprios para banho em Santa Catarina, o que representa 65,3%. O novo relatório apresentou melhor índice em relação ao monitoramento da semana anterior que apontava 61% de pontos adequados para mergulho.

Em Florianópolis, dos 87 pontos onde há coleta, 60 estão em condições de receber banhistas, ou seja, 69,0 %. O monitoramento da balneabilidade do IMA contempla todo o litoral catarinense e faz parte das ações da Operação Verão Mais Seguro, para garantir bem-estar à população durante a temporada.

As coletas são efetuadas em 27 municípios litorâneos, em mais de 100 praias e balneários do sul ao norte, compondo os seguintes municípios: Araranguá, Bal. Arroio do Silva, Bal. Gaivota, Bal. Camboriú, Bal. Barra do Sul, Bal. Rincão, Barra Velha, Biguaçu, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Gov. Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Balneário Piçarras, Porto Belo, São Francisco do Sul e São José.

As equipes fazem as coletas da água do mar a até um metro de profundidade, na quantidade de 100 mililitros em cada ponto. O material coletado é submetido a exames bacteriológicos durante 24 horas. São necessárias cinco semanas consecutivas de coleta para se obter um resultado tecnicamente confiável.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x