Especiais

ISTO É JARAGUÁ DO SUL

O município completa 146 anos conquistando um grande desafio: manter a qualidade de vida para as futuras gerações

25/07/2022

Por

ISTO É JARAGUÁ DO SUL

Reprodução

Que Jaraguá do Sul é a melhor cidade do Brasil nossos moradores já sabiam. O título concedido pelo anuário da Revista IstoÉ só veio a confirmar aquilo que experenciamos diariamente pela cidade.

Para eleger Jaraguá do Sul como a melhor cidade de médio porte do Brasil e como a segunda melhor cidade brasileira entre as 5.565 avaliadas, a Revista IstoÉ considerou a pesquisa realizada pela Austin Rating.

A Austin Rating é uma agência classificadora de risco de crédito de origem brasileira com 36
anos de atuação. Foi a primeira agência nacional a conceder ratings no Brasil, sendo pioneira na
classificação de risco de crédito.

A Rating analisou os 5.565 municípios brasileiros, divididos em grande, médio e pequeno portes, sob quatro pilares afetados diretamente por políticas públicas: Fiscal, Econômica, Social e Digital, e os classificou de acordo com o Índice de Inclusão Social e Digital (IISD), metodologia própria que considera 281 indicadores e hierarquiza as cidades com foco na igualdade de oportunidades entre seus habitantes.

As informações dos 281 indicadores analisados foram extraídas de fontes primárias e de bancos de dados públicos como IBGE, Secretaria do Tesouro Nacional, DataSUS, Denatran, Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, Ministério do Trabalho e Emprego, entre outras. Os indicadores foram agregados e ponderados em quatro grandes grupos e 16 subgrupos.

A AUSTIN RATING É UMA AGÊNCIA CLASSIFICADORA DE RISCO DE CRÉDITO DE ORIGEM BRASILEIRA COM 36 ANOS DE ATUAÇÃO. FOI A PRIMEIRA AGÊNCIA NACIONAL A CONCEDER RATINGS NO BRASIL.

Jaraguá do Sul, além do título de melhor cidade de médio porte e de segunda melhor cidade entre as mais de cinco mil analisadas, apareceu como referência em 15 de 20 indicadores, conforme ranking

 

  • RANKING GERAL / POSIÇÃO GERAL
  • CIDADE DE MÉDIO PORTE: 1º LUGAR
  • 1. INDICADORES FISCAIS: 7º LUGAR
  • a. Capacidade de Arrecadação: 5º lugar
  • b. Execução Orçamentária: 12º lugar
  • 2. INDICADORES ECONÔMICOS: 2º LUGAR
  • a. Padrão de Vida: 5º lugar
  • b. Mercado de Trabalho: 16º lugar
  • c. Comércio Exterior: 26º lugar
  • 3. INDICADORES SOCIAIS: 3º LUGAR
  • a. Educação: 1º lugar
  • b. Habitação: 3º lugar
  • c. Qualidade de Vida: 23º lugar
  • d. Desenvolvimento Humano: 30º lugar
  • 4. INDICADORES DIGITAIS: 14º LUGAR
  • a. Mobilidade digital: 10º lugar
  • b. Acesso Digital ao Conhecimento: 16º lugar

O título de melhor cidade de médio porte do país foi recebido como um presente de aniversário antecipado pela população de Jaraguá do Sul, principalmente porque a notícia veio no mesmo período em que a Administração apresentou ao  público a programação de um mês intenso de comemorações que, após dois anos de distanciamento por conta da pandemia, voltou aos espaços públicos.

Vale lembrar também que há pouco mais de um ano a Revista IstoÉ Dinheiro já havia considerado Jaraguá do Sul “um oásis empresarial”. A publicação, de 11 de junho de 2021 (foto da capa ao lado), classificou a cidade como um dos principais polos industriais do Brasil considerando “os bons resultados das grandes companhias sediadas na cidade e a cooperação entre público e privado”. A reportagem destacou como a coalização entre os poderes público e privado permitiu que a cidade enfrentasse a pandemia da Covid-19 garantindo a salvaguarda de vidas e, ao mesmo tempo, a retomada econômica.

Como afirmou Décio da Silva à Revista IstoÉ, na reportagem “Um oásis empresarial”, garantir resultados socioeconômicos como os obtidos por Jaraguá do Sul até aqui passa por assegurar que a característica de cooperação entre os poderes
públicos e privados não se perca, principalmente porque, segundo ele, “é preciso tentar fazer todo o ecossistema mais bem-sucedido”, afinal, como ele muito bem arremata, “não é possível fazer empresas robustas onde a comunidade não é bem-sucedida ou vice-versa”.

Ser considerada a melhor cidade de médio porte do país e a segunda melhor entre os mais de cinco mil municípios analisados, mais que um presente de aniversário para o município, é também um imenso desafio para os administradores atuais e, principalmente, para os que virão: a responsabilidade de não apenas manter os resultados e índices obtidos, mas principalmente de melhorá-los. Ou seja, de crescer e de se desenvolver assegurando qualidade de vida para a população, com futuros prósperos e saudáveis para todos

Diante de tamanha responsabilidade, quais são os elementos que precisam continuar recebendo atenção para garantir a qualidade de vida também para as futuras gerações?

Na visão do JDV, que há décadas acompanha o desenvolvimento e o crescimento da nossa amada cidade, esse ecossistema é composto, principalmente, por ações que promovam Educação, Infraestrutura e Desenvolvimento Econômico e Industrial, sempre sob a ótica da melhoria contínua, do uso eficiente e transparente dos recursos e da inovação.

Nesse sentido, nos perguntamos: o que será que vamos noticiar sobre Jaraguá do Sul daqui a 5, 10, 20, 50 anos? Se seguirmos o que viemos fazendo até aqui, com certeza serão muitas e muitas boas notícias. Até lá, entendendo que as páginas dos jornais também escrevem e registram a história, vamos deixar às próximas gerações exemplos do que estamos fazendo hoje para construir a cidade que queremos para elas, no futuro: bela, próspera e ainda mais pulsante.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x