Jaraguá

Janeiro Branco: live trata sobre saúde mental

Na noite de segunda-feira (24), o Colegiado de Vereadoras da Associação dos Vereadores do Vale do Itapocu (Avevi) realizou uma live para discutir o tema “Janeiro Branco: o mundo pede saúde mental”

26/01/2022

Por

Janeiro Branco: live trata sobre saúde mental

Reprodução

Na noite de segunda-feira (24), o Colegiado de Vereadoras da Associação dos Vereadores do Vale do Itapocu (Avevi) realizou uma live para discutir o tema “Janeiro Branco: o mundo pede saúde mental”. A atividade foi comandada pela vereadora e presidente do Colegiado, Nina Santin Camello, e contou com as participações da presidente do Coletivo Feminino de Jaraguá do Sul e Região, Marisa Lorenceti, e da gerente de Saúde Mental da Prefeitura, Vane Duarte. O evento foi transmitido pelas páginas da Avevi no Facebook e no Youtube.

Durante a live, elas relataram e explicaram ao público como surgiu a ideia de criação do Janeiro Branco, campanha nacional de conscientização da sociedade sobre os cuidados com a saúde mental, e como o mês pode oportunizar a discussão sobre o tema. Marisa Lorenceti, que é psicóloga há mais de 24 anos, resgatou a história da criação da data que está em sua nona edição. Para ela, a sociedade e as instituições já entenderam a importância de promover o bem estar psicológico entre as pessoas, principalmente no mercado de trabalho. “As empresas entenderam que, quando o funcionário está bem (psicologicamente), ele trabalha melhor e tem mais criatividade”, salientou.

Vane Duarte enfatizou que durante a pandemia de coronavírus a saúde mental da população sofreu consequências danosas e que o assunto cresceu de importância. Porém, ainda é preciso desmistificar o que dizem a respeito da saúde mental, “desmistificar que saúde mental é coisa de louco, que é coisa para quem não tem o que fazer”, advertiu. Vane ainda relatou que a Prefeitura de Jaraguá do Sul conta, desde o final de 2021, com a assistência psicológica na Atenção Primária da Secretaria de Saúde, com equipes multiprofissionais realizando os atendimentos.

Em Jaraguá do Sul, o Janeiro Branco foi instituído pela lei municipal n° 8.634/2021, com autoria da própria Nina Santin Camello. A iniciativa segue os mesmos moldes que outras cidades brasileiras, promovendo eventos para discutir as questões e encontrar soluções para as demandas. Um desses eventos acontece no Centro Empresarial de Jaraguá do Sul (Cejas), nos dias 2 e 3 de fevereiro, quando será realizada a 1ª Conferência Municipal de Saúde Mental. O tema desta edição será “A política de saúde mental como direito: pela defesa do cuidado em liberdade, rumo a avanços e garantia dos serviços da atenção psicossocial no SUS”.

A participação é aberta a toda a todos. A Conferência tem o objetivo de propor diretrizes de formulação da Política Nacional de Saúde Mental e fortalecer os programas e ações no país. Algumas propostas vão ser encaminhadas para a Secretaria de Saúde do Estado de Santa Catarina, que deve selecionar as melhores para colocá-las em discussão durante a etapa estadual da Conferência.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x