Cultura

Jaraguá foi sede do Encontro de Descendentes de Pomeranos Brasileiros

O evento ocorreu nos dias 10 e 11 de outubro

16/10/2021

Por

Jaraguá foi sede do Encontro de Descendentes de Pomeranos Brasileiros

Ademir Pfiffer

O Instituto Cultural Pomerano Brasileiro realizou nos dias 10 e 11 de outubro, em sua sede, na Barra do Rio Cerro, evento para construção das diretrizes que nortearão os trabalhos futuros da entidade representativa do povo remanescente de origem pomerana, nos próximos anos.

Esse grupo étnico cuja a língua é de origem da família germânica ocidental e da subfamília Baixo-Saxão/Baixo Alemão Oriental (Tressmann, 2005; Beilke, 2016; Savedra, 2019, 2020), foram assentados, sobretudo, nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Espírito Santo, Paraná e Rondônia.

O anfitrião, Wandér Weege, apresentou um breve histórico sucinto do povo do leste europeu e do entroncamento eslavo, porém, permeado pela cultura germânica material e imaterial, cuja presença no Brasil, a partir do século XIX, contribuiu para várias frentes do desenvolvimento nos territórios aonde foram assentados.

Os participantes conheceram as instalações da edificação em alvenaria, o conjunto dos equipamentos, obras de artes e literárias, que foram escritas no campo acadêmico, nos cursos de mestrado e doutorado, no Brasil e no Hemisfério Norte e outras de iniciativas de historiadores, que registram as iniciativas patrimoniais de construção da identidade pomerana, por meio das rede sociais e impressos em PDF (Folha Pomerana Express e Jornal o Caminho),  com indicadores da cultura germânica, no território brasileiro.

Coube a Genemir Raduenz, mestre em Administração, de Pomerode, apresentar os fundamentos da base institucional, focada na Missão, Visão e Valores, sendo a relatora do evento Bethania Guenther, de Blumenau.

As discussões foram organizadas em três grupos de trabalhos distintos e apresentados ao grupo, sempre mediados por importantes pensadores como Ivan Seibel, Scheila Roberta Janke, José Heimann, Lilia Jonat Stein, Ismael Tressmann, Aloi Schneider, outros.

No segundo dia do evento foi organizado as apresentações para construção dos indicadores identidários da instituição na defesa e salvaguarda da memória e história do povo pomeramo brasileiro, presentes em todos os estados da federação.

[

Foto: Ademir Pfiffer.

Ao finalizar o evento, o grupo agradeceu ao empresário Wandér Weege pela iniciativa de reunir o grupo de trabalho, para fortalecer as ações da entidade pomerana brasileira, com o compromisso de enaltecer as tradições do grupo étnico de forma sustentável.

(Com a colaboração do historiador Ademir Pfiffer)

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x