Educação

JDV Educação Massaranduba: CMEI Hulda Cardoso

No dia 9 a turminha do Jardim, juntamente com as professoras Rosana Kátia Massanero e Ângela Girolometto Kuhn realizaram um passeio diferente

15/12/2021

Por

JDV Educação Massaranduba: CMEI Hulda Cardoso

Divulgação

Um dia no sítio…

No dia 9 a turminha do Jardim, juntamente com as professoras Rosana Kátia Massanero e Ângela Girolometto Kuhn realizaram um passeio diferente… foram passear no sítio da professora Ângela. Contaram ainda com o apoio da professora Carla Meri Pasta e do professor Tafarel Ansiliero que foram auxiliares nos cuidados com as crianças. Foi uma manhã muito divertida: teve lanche, brincadeiras e até pescaria. As crianças se divertiram bastante, puderam vivenciar inúmeras situações novas e tiveram a oportunidade de explorar o ambiente.

Ao retornarem para o CEI voltaram cheios de histórias, contando a aventura e o que encontraram no sítio. Os pescadores dos peixes contaram a proeza da pesca, e os que não tiveram a mesma sorte comentaram não terem conseguido pescar. Notava-se claramente o entusiasmo das crianças pela alegria que estavam transmitindo.

Boneco de alpiste no berçário I

A turminha do Berçário I – Vespertino, juntamente com as professoras Micheli Rafaela Pasta e Kerolen Stringari Vegini confeccionaram um boneco ecológico. Com a atividade as professoras procuram despertar a curiosidade para a importância do meio ambiente em suas vidas.

O Boneco de Alpiste é uma forma divertida e simples de introduzir as crianças no estudo da germinação de sementes e desenvolvimento de plantas, pois é uma das que mais crescem facilmente. Após sua confecção cada criança recebeu um boneco e as famílias ficaram responsáveis por compartilhar nas redes sociais e no grupo de WhatsApp as fases do boneco. Agradecemos a todos os pais que participaram efetivamente da atividade. E você? Quer fazer um Boneco de Alpiste? Então acompanhe os passos:

Como fazer o boneco

  • Corte o pé da meia calça para fazer um saquinho.
  • Coloque no fundo o alpiste.
  • Depois coloque a serragem até formar a cabeça do boneco.
  • Dê um nó e corte o restante da meia.
  • Vire o nó para baixo.
  • Faça o rostinho do boneco usando sua criatividade.

Cuidando do boneco

  • Regue diariamente a alpiste, o mantenha em um lugar bem arejado e bom divertimento.

Chuá, chuá, chuá…Lá vem a chuva!!!

A turminha do Maternal II – Matutino vivenciou situações diferenciadas por meio do projeto: Chuá, Chuá, lá vem a Chuva!!! O tema surgiu devido à realidade vivida pelas crianças nessa época do ano, onde chove constantemente. Com isso, as professoras Maria do Carmo Frankenberger Jacobi e Rosane K. da Silva resolveram se aproveitar da situação e desenvolver o projeto.

Foram desenvolvidas algumas atividades e mostrado às crianças o ciclo da água, assim, conseguiram entender como se forma a chuva, de onde ela vem. Como se pode observar nas fotos, as crianças demonstraram adorar a experiência, pois andaram na chuva com as suas sombrinhas ou guarda-chuvas.

Também foi solicitado às famílias que fizessem essa experiência em casa, em um dia de chuva pedir para as crianças se ela sabe de onde vem a chuva e como ela foi parar na nuvem, aproveitando ainda o momento para brincar na chuva com a criança. Nem é preciso dizer o quanto essas atividades foram divertidas. Viva a chuva!!!

Olha a historinha aí gente!!!

Quem não gosta de uma história? Quem não gosta de viajar no mundo da fantasia e da imaginação? Até nós, adultos, por vezes, nos permitimos entrar nesse mundo mágico das letras e personagens. Se, para nós já é algo fascinante, imagina para as crianças.

A literatura infantil tem um papel importante no desenvolvimento da criança, pois oportuniza diversas situações de aprendizagem. A turminha do Pré-Escolar I – Matutino vivenciou isso na prática. As professoras Sandra Elisa M. Bublitz e Ana Paula Kuczkowski trouxeram a história dos Três Porquinhos para a sala e a partir disso desenvolveram algumas atividades.

Dentre as atividades teve-se a confecção da casinha dos porquinhos com materiais alternativos, trabalhando a imaginação e a coordenação motora, houve ainda o reconto da história pelas crianças, onde foi possível treinar a memória e a articulação das palavras. Foram momentos únicos de desenvolvimento e aprendizagem, onde a criança foi protagonista na construção de seus saberes.

Mexe que mexe!!!

As professoras Eliana Neide Fontanive Jacomoliski, Maria Isabel Kasmirski e Ângela Girolometto Kuhn, juntamente com a turma do Maternal II – Vespertino desenvolveram o projeto: A CRIANÇA E O MOVIMENTO. Foram oportunizadas diversas atividades, trabalhando a livre expressão e movimentos, por meio de histórias e músicas.

Através do movimento a criança se comunica, expressa sentimentos, explora o próprio corpo e suas possibilidades, interage e conhece os outros, o mundo e suas características. Mover-se, principalmente durante a infância, é muito mais do que mexer as partes do corpo ou deslocar-se no tempo e no espaço: é aprender.

Pelo sorriso e risadas, pode-se perceber que as crianças amaram as atividades, todas participaram, cada um dentro de suas possibilidades. Houve muito envolvimento das crianças, por isso, foi tão divertido.

A galinha ruiva chegou…

A contação de histórias vem há muito tempo sendo utilizada como uma ferramenta de ensino e de aprendizagem. No Centro de Educação Infantil Hulda Cardoso e Pré-Escolar Ivo Venske a criança desde cedo entra em contato com o mundo das historinhas.

Existem muitas maneiras de se contar histórias, uma delas é através do avental. A turma do Maternal I – Vespertino, das professoras Margarete Melchioretto e Rosilene de Souza utilizou desse recurso, foram trabalhadas algumas histórias, dentre estas destacou-se a história da Galinha Ruiva.

Pelas imagens pode-se observar como as crianças prestam atenção, o olhar encantado, a espera pelo próximo personagem, o fascínio e a expressão de alegria em cada sorriso. As histórias contribuem para o desenvolvimento cognitivo e social, elas possibilitam às crianças a entrar num mundo de fantasias e imaginação.

Eba!!! Chegou o Natal…

Enfim, chegou o Natal, época que as crianças esperam ansiosas, afinal, a vinda do Papai Noel antecede as férias escolares. Nesse dia, as crianças aguardam a vinda do bom velhinho que sempre traz um presentinho, uma lembrancinha para cada criança.

No dia 10 de dezembro recebemos a visita do Papai Noel. Ah! Quanta expectativa, será que ele vai trazer algo? Vou ter coragem de tirar uma foto com ele? A expectativa dos pais é sempre de que seus filhos não tenham medo e tirem a foto, mas algumas crianças são tímidas e não querem se aproximar, porque uma coisa é ver o personagem em histórias ou desenhos e outra, muito diferente é vê-lo frente a frente. Nesses momentos, temos que respeitar.

Começamos o ano de forma atípica, com o número de crianças reduzido, outros em escalonamento, na metade do ano foi então possível voltar aos poucos ao ensino presencial total. Tivemos que nos adaptar a muitas coisas e modificar outras, mas aprendemos o quanto é importante o estar junto, mesmo tendo que respeitar o distanciamento.

Aprendemos tanto em tão pouco tempo, temos que agradecer a cada dia de vida a possibilidade de reunir a família, porque muitos não terão essa mesma oportunidade. O ano está terminando e que o novo que irá se iniciar seja repleto de conquistas e realizações.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x