Educação

JDV Educação Massaranduba: Dez anos de gemellaggio – a reconstrução do elo histórico

Depois de muitos anos da ruptura de comunicação dos imigrantes italianos que se fixaram na Colônia Luiz Alves, em 1978, um encontro marcou o início dessa aproximação

22/09/2021

Por

JDV Educação Massaranduba: Dez anos de gemellaggio – a reconstrução do elo histórico

Divulgação

Em setembro de 2021 comemorou-se os dez anos da oficialização do gemellaggio (cidades gêmeas) realizado entre Massaranduba e os cinco municípios do Vale del Biois, na região de Vêneto, em Belluno, Itália. Mas como tudo começou?

Depois de muitos anos da ruptura de comunicação dos imigrantes italianos que se fixaram na Colônia Luiz Alves, em 1978, um encontro marcou o início dessa aproximação. O encontro ocorreu entre a neta do imigrante Giovanni Valentino Tancon, Iria Tancon (que foi a Roma para estudos) e o seu parente, Dom Albino Luciani, que no mesmo ano foi eleito Papa com o nome de João Paulo I. Posteriormente em visita aos residentes da região de Canale d’Agordo, Iria Tancon, conheceu a professora Carla Andrich, mais tarde eleita prefeita de Vallada Agordina.

Em dezembro de 1994, a prefeita Carla Andrich e sua irmã professora Viviane Andrich, em visita oficial ao Brasil, fazem essa reconstrução da ponte para reatar os laços de parentesco com os descendentes de seus concidadãos.

Em 1997, Luca Luchetta, prefeito de Vallada Agordina, vem pela primeira vez a Massaranduba na inauguração da Estrada D. João Costa e inicia o processo de gemellaggio.

Continuando essa aproximação, em 2006, os vereadores Almir Trevisani e Abilo Zanotti, representantes do Legislativo de Massaranduba, vão à Itália para assinar um protocolo de intenções deste intercâmbio com as cidades de Canale d’Agordo, Cencenighe, Falcade, San Tomaso Agordino e Vallada Agordina.

Já em novembro de 2007, uma comitiva de Italianos liderados pelo prefeito de Vallada Agordina, Luca Luchetta, vem a Massaranduba e, no dia 21 de novembro, em uma solenidade na Casa da Juventude com a presença do prefeito de Massaranduba, Davio Leu, se faz a entrega do Ato Oficial do Gemellaggio, assinado pelos cinco prefeitos do Valle Del Biois. Nesse mesmo dia o prefeito assina a Lei nº 1001/2007, autorizando o gemellaggio entre as cidades irmãs.

Contudo, a oficialização do gemellaggio aconteceu em setembro de 2011, com a viagem de uma comitiva de Massaranduba e região para o Vale Del Biois. Em uma solenidade na Itália, o prefeito de Massaranduba, Mário Fernando Reinke, juntamente com os demais prefeitos dos cinco municípios envolvidos assinaram o documento de formalização.

É importante destacar que o gemellaggio possui como objetivo um intercâmbio ambiental, social, econômico, turístico, cultural e territorial entre essas cidades que são consideradas irmãs. Ao longo desses anos algumas ações foram realizadas em decorrência dessa aproximação como: viagens de grupos de intercâmbio entre Brasil e o Vale Del Biois e vice versa, cursos da língua italiana oferecidas extraclasse pelo município, concessão de bolsa para estudante no curso de imersão no Vale del Biois, entre outros.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x