Educação

Laboratório móvel de chromebooks e fibra óptica chegam às escolas de Massaranduba

Eles trazem dispositivos para tornar o aprendizado ainda mais completo, inserindo a tecnologia no dia a dia dos alunos e oferecendo recursos para que eles possam viver o conhecimento de forma plena

12/02/2020

Por

Laboratório móvel de chromebooks e fibra óptica chegam às escolas de Massaranduba

A tecnologia já faz parte da rotina dos estudantes e, com isso, as escolas precisam acompanhar essa evolução tecnológica, transformando as salas de aula em verdadeiros laboratórios de inovação. Massaranduba caminha nesse passo. A Prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, investiu cerca de R$ 300 mil na compra de quatro laboratórios móveis e cerca de 200 chromebooks para uso nas escolas de ensino fundamental e educação infantil.

Segundo o secretário Cristiano Rodolfo Tironi, os laboratórios poderão ser deslocados para qualquer ambiente. Eles trazem dispositivos para tornar o aprendizado ainda mais completo, inserindo a tecnologia no dia a dia dos alunos e oferecendo recursos para que eles possam viver o conhecimento de forma plena.

Os quatro gabinetes dos laboratórios já foram entregues na Secretaria de Educação. Alunos e professores das diferentes disciplinas poderão contar com mais um recurso tecnológico educacional que vai potencializar o aprendizado. ?É um recurso formativo que vai mudar o ensino em Massaranduba?, acredita Tironi.

É ideia transformar os laboratórios físicos de informática em laboratórios de ciências. A Prefeitura de Massaranduba também está investindo em fibra óptica em todas as escolas. O aprimoramento da rede de dados por fibras ópticas, vai melhorar o trabalho administrativo e pedagógico das unidades de ensino do município.

O acesso à internet ficará mais rápido, seguro e com maior disponibilidade. A conexão limitada para navegação na internet pela rede convencional, dificulta as tarefas diárias que precisam ser realizadas pela rede. A fibra óptica vai mudar essa realidade?, conclui o secretário.

Massaranduba inova no ensino da matemática e de ciências

A educação municipal começou o ano letivo com a abertura de uma escola integral, a Alto Luiz Alves, na entrada do Braço Seco. O prolongamento das atividades escolares onde os alunos passam os dois períodos na instituição vai impactar positivamente no conhecimento e do desempenho das crianças.

A educação integral em jornada ampliada no Brasil é uma política pública em construção e um desafio para gestores educacionais, professores e comunidades. É o que acontece na Escola Alto Luiz Alves. Inovação é a palavra de ordem na Secretaria de Educação de Massaranduba e isso pode ser observado nos últimos anos, em especial a partir de 2017.

Neste ano letivo, duas novas disciplinas foram incorporadas no currículo da rede municipal: matemática e pensamento computacional e ciências com experimentação. O secretário Cristiano Tironi é um entusiasta da inovação e da tecnologia e incentiva a equipe a buscar o conhecimento científico e a criatividade para aplicar em sala de aula.

O Município dispõe das ferramentas para esses avanços. A matemática aliada ao pensamento computacional na educação básica pode melhorar as habilidades dos alunos na resolução de problemas e contribuir para o desenvolvimento do raciocínio matemático.

“A maioria das atividades está intimamente ligada ao avanço científico e tecnológico. Isso é uma realidade. Com a disciplina, buscamos potencializar a criatividade dos alunos e professores do 3º ao 9º ano. Da mesma forma o ensino de ciências com experimentação possibilita estabelecer a dinâmica e a indissociável relação entre a teoria e a prática”, aponta o secretário.

Tironi aposta na maior significância desta metodologia em relação à simples memorização da informação, método tradicionalmente empregado nas salas de aula.

Notícias relacionadas

x