Geral

Maior parte dos candidatos não têm ensino médio e faculdade completos

As eleições deste ano registraram um número maior de candidatos que se declararam analfabetos se comparado com a disputa eleitoral anterior.

22/10/2020

Por

Maior parte dos candidatos não têm ensino médio e faculdade completos

As eleições deste ano registraram um número maior de candidatos que se declararam analfabetos se comparado com a disputa eleitoral anterior. É isso o que revela um levantamento feito pelo portal Brasil61.com constando que, para estas eleições, foram registradas 20 candidaturas para o cargo de vereador com pessoas declaradas como analfabetas, enquanto em 2016 esse número foi de apenas seis candidatos.

Tanto agora em 2020 quanto na eleição anterior, não houve nenhum candidato registrado como analfabeto para concorrer ao cargo de prefeito. Todas as regiões do país apresentam candidatos nestas condições, mas duas regiões concentram o maior número, sendo o Norte e o Nordeste com sete pessoas que não sabem ler e nem escrever concorrendo à uma cadeira de vereador. O Sudeste vem logo depois com três candidatos, o Centro Oeste com dois e o Sul com apenas um candidato declarado analfabeto.

Dos 20 considerados analfabetos, 19 concorrem a vereador e um a vice-prefeito. Sabem ler e escrever 17.334, tem o ensino fundamental incompleto 70.443 e 67.277 têm o ensino fundamental completo. Com ensino médio incompleto são 27.365 candidatos e 210.132 completos.

Notícias relacionadas

x