Economia

Mesmo com pandemia, abertura de novas empresas volta a crescer em junho e julho em Jaraguá

Os piores meses de 2020 para abertura de novos negócios foram março e abril

18/08/2020

Por

Mesmo com pandemia, abertura de novas empresas volta a crescer em junho e julho em Jaraguá

No período de janeiro a julho foram abertas 1.373 empresas em Jaraguá do Sul, um pouco mais baixo do que o registrado no ano passado, quando foram abertos 1.434 novos negócios no mesmo período. O saldo, entre abertura e fechamento, foi de 910 novos negócios nos sete primeiros meses deste ano, contra 964 do ano passado. Levando em consideração a pandemia do coronavírus, o resultado é bastante positivo, avalia o secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Neivor Bussolaro.

Leia mais:

Os piores meses de 2020 para abertura de novos negócios foram março e abril. Em maio, um primeiro sinal de recuperação. E, depois, em junho e julho, os números de 2020 superaram os registrados em 2019.

 “Isso nos traz otimismo de que vamos vencer esta crise de saúde, mas também de que seguramos o impacto negativo que poderia ter sido muito maior na economia se não fossem as medidas tomadas pela administração”,avalia Neivor.

O secretário cita a Central do Empreendedor, uma estrutura criada para dar todo suporte a quem deseja abrir seu próprio negócio, o programa Juro Zero e a prorrogação de taxas públicas como medidas importantes. Além disso, ele afirma que o equilíbrio buscado desde o princípio pelo Comitê de Combate ao Coronavírus foi essencial para amenizar o impacto da crise.

Notícias relacionadas

x