Especiais

Ministério da Saúde incentiva a doação de leite materno

O Hospital Jaraguá faz um trabalho permanente de incentivo às lactantes para que doem o excedente ao seu Banco de Leite Humano, para manter o estoque às crianças necessitadas. Nos meses de março e abril, por exemplo, uma campanha alcançou cerca de 150 doadoras, o que auxiliou no restabelecimento do estoque da unidade. O material coletado passa por processo de pasteurização e armazenamento adequado

22/05/2019

Por

Ministério da Saúde incentiva a doação de leite materno

Com o slogan “Doe leite materno, alimente a vida”, o Ministério da Saúde, em parceria com a Rede Global de Bancos de Leite Humano, representada no Brasil pela Fiocruz -, lançou na sexta-feira (17), no Rio de Janeiro, a Campanha Nacional de Doação de Leite Materno, para sensibilizar as gestantes e as mulheres que amamentam a fazerem doações durante todo o ano. “O leite materno é insubstituível e é com ele que vamos ganhar a batalha da vida contra a morte. Nosso desafio é fazer da doação um ato de amor, de entendimento ao próximo”, declarou o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, durante o lançamento. Aumentar em 15% o volume de leite materno coletado e por consequência o número de doadoras é as metas da campanha de 2019, que, além de sensibilizar gestantes e lactantes para a importância deste ato de solidariedade, visa também desmistificar que é preciso ter “muito leite” para ser doadora.

Qualquer quantidade de leite humano doado pode ajudar os bebês internados nas UTIs neonatais a terem uma melhor recuperação e uma vida mais saudável. Dependendo do peso do recém-nascido, apenas um ml já é suficiente para nutri-lo a cada refeição. Entre os anos de 2008 e 2018, dois milhões de recém-nascidos foram beneficiados com 2 milhões de litros de leite humano de 1,8 milhão de mulheres, segundo a Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano. Contudo, a quantidade de leite coletado supre 55% da demanda real. Por isso, o Ministério da Saúde lança campanhas anuais, a fim de aumentar os estoques de leite humano nos bancos de leite de todo o Brasil.

Banco que atende no Hospital Jaraguá faz coleta permanente

A importância da amamentação e a doação de leite materno excedente foram o foco do evento Banco de Leite para Todos, promovido pelo curso de Biomedicina da Unisociesc, em parceria com o Banco de Leite Humano do Hospital e Maternidade Jaraguá. A ação aconteceu no sábado (18) no Jaraguá do Sul Park Shopping, a partir das 10h. Durante o evento, os visitantes foram informados sobre a amamentação como fonte de nutrientes para a saúde do bebê nos primeiros meses de vida. Foram esclarecidas dúvidas acerca dos passos necessários para a doação de leite ao BLH do hospital. Teve ainda aferição de pressão arterial e dicas de saúde.

O Hospital Jaraguá faz um trabalho permanente de incentivo às lactantes para que doem o excedente ao seu Banco de Leite Humano, para manter o estoque às crianças necessitadas. Nos meses de março e abril, por exemplo, uma campanha alcançou cerca de 150 doadoras, o que auxiliou no restabelecimento do estoque da unidade. O material coletado passa por processo de pasteurização e armazenamento adequado. As doadoras interessadas em repassar o leite excedente da amamentação devem entrar em contato pelo telefone 3274-3053 ou e-mail bancodeleite@hmj.org.br. A coleta pode ser feita em casa ou no próprio BLH. O hospital encaminha todas as informações necessárias e o material apropriado para a coleta.

Notícias relacionadas

x