Colunas

Ministro garante a 470

Além dos R$ 200 milhões disponibilizados pelo governo do Estado, são necessários mais R$ 258 milhões para finalizar o trecho.

10/08/2021

Por

Nascido em Blumenau, 70 anos, 55 de profissão, incluindo passagens pelo rádio. E em jornais diários como A Notícia (Joinville), Jornal de Santa Catarina (Blumenau) e O Correio do Povo (Jaraguá do Sul)

Antecipando-se à audiência pública marcada para dia 17 de agosto sobre investimentos em rodovias federais que cortam SC, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, publicou em redes sociais que o governo vai viabilizar a conclusão dos lotes 1 e 2 da BR-470, entre Navegantes e Gaspar. Além dos R$ 200 milhões disponibilizados pelo governo do Estado, são necessários mais R$ 258 milhões para finalizar o trecho.

Publicação não cita a 280

 “Alô, Santa Catarina! As obras de duplicação da BR-470 estão avançando e o governo vai garantir os recursos para a conclusão dos lotes 1 e 2, de Navegantes até Gaspar. O Ministério já liberou mais de 30 km e outros 15 km serão concluídos até o ano que vem.

A BR-470 é um importante corredor logístico, que liga as regiões produtoras do Estado aos portos de Itajaí e Navegantes”, disse o ministro. Sem nenhuma referência à BR-280.

 Ficou no discurso

Na verdade, durante a visita do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a Joinville na sexta-feira (6) e sem a presença do ministro Tarcísio, tudo ocorreu de acordo com o protocolo estabelecido. Discursos do presidente da Federação das Indústrias, do prefeito de Joinville e do presidente da Associação Empresarial local. Incluindo apelos pelas BRs 470 e 280. E foi só!  Bolsonaro nada prometeu, até porque o assunto não lhe cabe resolver isoladamente.

Medalha da OAB

Presidente da Assembleia Legislativa, deputado Mauro de Nadal (MDB) recebeu medalha comemorativa aos 88 anos da OAB/SC.

Isso porque em menos de quatro meses a Assembleia aprovou lei qualificando como ilícito funcional qualquer violação cometida contra prerrogativas dos advogados- Lei 8.906/94, que dispõe sobre o Estatuto da Advocacia e a OAB.

Cobrando melhorias

O Fórum Parlamentar Catarinense e a Assembleia Legislativa vão cobrar melhorias no atendimento do INSS. Pesquisa com 35 sindicatos de 125 cidades apontou dificuldades de atendimento, agendamento de pedidos de aposentadoria, pensão e salário-maternidade. O sistema digital disponível não é inclusivo porque os beneficiários o desconhecem totalmente.

Retorno ao PP?

Senador Esperidião Amin (PP) e a mulher, a deputada federal, Ângela Amin (PP), saíram na foto oficial de entrega de duas viaturas ao corpo de bombeiros voluntários de Joinville pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Foi a décima visita do presidente a SC depois de eleito. Especula-se que o PP é o próximo destino do presidente, que convidou o casal para a foto. Bolsonaro já passou por oito partidos políticos: PDC, PPR, PPB, PTB, PFL, PSC, PSL e o próprio PP (2005/2016) pelo qual se elegeu deputado federal por duas vezes.  

Amizade é antiga

É provável que o PP não lance candidato a governador, apoiando o senador Jorginho Mello (PL), amigo íntimo de Bolsonaro. Foi na Câmara dos Deputados que começou o relacionamento entre Bolsonaro e Amin. Que no contexto catarinense é uma das lideranças históricas, garantindo a sobrevivência do PP.

Da mesma forma como o foi Luiz Henrique da Silveira para o MDB, hoje em crise interna motivada por desavenças pessoais e egos inflados. Repetindo a discórdia de 2018, o que pode ser fatal na disputa pelo governo em 2022.

Notícias relacionadas

x