Chuvas

Moradores atingidos por enchentes devastadoras em SC já podem sacar benefícios; veja quais

Ministro da Cidadania, Ronaldo Bento, destacou que 100% da demanda de recursos será atendida

07/12/2022

Por

Os atingidos pelas enchentes em Santa Catarina já podem sacar o FTGS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), garantiu o ministro da Cidadania, Ronaldo Bento, em entrevista ao Balanço Geral nesta quarta-feira (7).

Segundo Bento, os moradores de municípios que decretaram calamidade pública — São João Batista e Santo Amaro da Imperatriz — podem, ainda, antecipar o BPC (Benefício de Prestação Continuada), que atende as pessoas com deficiência. “Todos sofrem em uma situação como essa, mas as pessoas em vulnerabilidade social e com deficiência sofrem ainda mais.”

Assim, os moradores podem se deslocar até uma sala de autoatendimento da Caixa para sacar os benefícios ou por meio do aplicativo da instituição. Os valores podem ajudar a “minimizar as perdas materiais”, diz Bento.

Até esta quarta, 30 municípios estão em situação de emergência, com mais de 13 mil pessoas fora de casa, incluindo desalojados e desabrigados. Ao todo, 34 cidades foram afetadas de alguma forma pela força das águas.

Devido às enchentes, sete pessoas morreram: dois homens em Palhoça, dois homens em Brusque, um morador de Gravatal, um bombeiro militar em Navegantes e outro morador em São Joaquim. Uma ainda está desaparecida.

Ministro da Cidadania, Ronaldo Bento, em entrevista ao Balanço Geral nesta quarta-feira (7) – Foto: Divulgação/ND
Ministro da Cidadania, Ronaldo Bento, em entrevista ao Balanço Geral nesta quarta-feira (7) – Foto: Divulgação/ND

Além dos benefícios individuais, o ministro chamou atenção para a necessidade de os municípios receberem rapidamente os recursos do governo federal.

“Os recursos estão disponíveis. 100% da demanda solicitada pelo município será atendida e temos técnicos para ajudar no preenchimento de formulários e tirar essas disfunções da burocracia, que precisamos passar por cima em momentos de calamidade pública”, afirma.

“Planejamento é essencial”

O planejamento de como agir é essencial para ter um enfrentamento assertivo e eficaz, defendeu Ronaldo Bento. “Nós fizemos isso, então Santa Catarina já trabalha em conjunto com o governo federal. Recentemente, orientamos como os municípios devem agir em momentos de crise como essa.”

Além disso, o ministro destacou a integração entre municípios nesses últimos dias para mitigar os danos causados pelas enchentes.

“É um Estado que vem sofrendo por eventos naturais. Uma parte do Estado sofrendo com a seca, então gostaria de agradecer aos municípios que não estão sofrendo com as chuvas, mas que enviaram equipes para apoiar municípios que estão sofrendo, o que é louvável. Isso vai fazer com que a gente consiga superar essa crise”, diz Bento.

 

Conteúdo desenvolvido por ND+

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x