Geral

O que já se sabe sobre o remédio que reduz mortes de pacientes com coronavírus em estado grave

Testes em humanos já foram iniciados e os resultados completos serão divulgados em breve 

16/06/2020

Por

O que já se sabe sobre o remédio que reduz mortes de pacientes com coronavírus em estado grave

Foi divulgado na manhã desta terça-feira (16) por pesquisadores britânicos uma potencial vacina contra o novo coronavírus. Resultados preliminares mostram que o antiviral desenvolvido pela Universidade de Oxford trata-se de um tipo específico de corticóide comum.

Os testes em humanos já foram iniciados. Segundo o estudo, realizado com mais de dois mil pacientes e comparados aos que já recebem os cuidados naturais, o medicamento reduz o risco de morte quando aplicado em pacientes em um estágio mais avançado da doença. 

Leia mais:

De acordo com os pesquisadores, pessoas infectadas com a covid-19 e estão internados na UTI com a ajuda de respiradores, o risco de morte cai de 40% para 28%.

Pacientes que recebem oxigênio, o número reduz de 25% para 20%. 

No entanto, o estudo não mostrou resultados positivos para pacientes com casos mais leves da doença. 

Na avaliação dos pesquisadores, se o remédio tivesse sido aplicada em pacientes com o novo coronavírus no Reino Unido desde o início da pandemia quase cinco mil vidas poderiam ter sido salvas. 

O estudo que identificou esse medicamento foi feito com outros remédios e, no início deste mês, mostrou que a hidroxicloroquina, um medicamento contra a malária, não apresenta benefícios contra o coronavírus.

Segundo os cientistas, os dados completo se tornarão públicos brevemente. 

Notícias relacionadas

x