Geral

Onésimo Sell avalia meses iniciais da atuação no Legislativo municipal de Jaraguá do Sul

“O vereador é quem escuta as pessoas, quem está ali perto nas comunidades, quem formata por meio de indicação, requerimento ou projeto de lei os pedidos”, diz o vereador

14/04/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Onésimo Sell avalia meses iniciais da atuação no Legislativo municipal de Jaraguá do Sul

Debutando no Legislativo Municipal de Jaraguá do Sul em sua primeira eleição disputada, o vereador Onésimo Sell foi o mais bem votado nas eleições de novembro e numa composição de partidos foi guindado à presidência da casa legislativa, cargo que exerce durante 2021. Segundo ele, o mandato tem sido uma experiência marcante, dando oportunidade de conhecer melhor a realidade de Jaraguá do Sul e, também, discutir com a sociedade o papel do vereador e a importância da Câmara para a democracia e para o município.

Leia mais

“Tudo passa por aqui, somos a caixa de ressonância da sociedade”, aponta.

A primeira porta que o cidadão bate é a do vereador na hora de reivindicar saúde para sua comunidade, para obter iluminação pública, exigir saneamento básico, para calçamento de ruas, vagas em creches, dentre tantas outras solicitações.

“O vereador é quem escuta as pessoas, quem está ali perto nas comunidades, quem formata por meio de indicação, requerimento ou projeto de lei os pedidos. Com a sua capilaridade é capaz de estar presente em lugares onde a prefeitura não chega. Esse exercício de ouvir as pessoas é capaz de transformar a realidade”, acredita.

Onésimo registra que 2021 é particularmente importante pelo fato de a Câmara de Vereadores estar completando 85 anos de instalação da primeira legislatura, no dia 21 de abril. Para marcar a data foi lançado um selo comemorativo criado por servidor da Casa e também gravações com pessoas da comunidade durante todo o mês, registrando o momento ímpar para a história de Jaraguá do Sul e a sua representação, delegada pelos votos dos eleitores.

A Câmara Municipal é uma das mais enxutas do estado, com 25 servidores comissionados e 26 efetivos, dos quais dois estão licenciados atualmente e um aposentado.

“Temos procurado dar o melhor de nós na condução dos trabalhos legislativos, como também na gestão, mantendo a organização, a ética e a transparência em todos os nossos atos e ações, com apoio de toda a equipe”, pontuou Sell.

Presidente destaca as principais ações e avanços já obtidos

O vereador-presidente ressalta que em poucos meses, aconteceram muitos avanços na Câmara. Cita que, depois de muitas tentativas em legislaturas anteriores, foi criado o Código de Ética, que estabelece os princípios e as regras básicas de decoro que devem orientar a conduta dos vereadores.

Destaca, também, a devolução de R$ 1 milhão do orçamento 2021 da Câmara para a Prefeitura, valor que deve ser utilizado para o combate ao Covid-19. Nesse viés, registra a aprovação do ingresso de Jaraguá do Sul no protocolo de intenções para a aquisição de vacinas contra a Covid, para acelerar os índices de cobertura.

Outros destaques são o repasse de veículo da Câmara para a prefeitura, reduzindo o custo de manutenção. O Legislativo, também, passou a atender o público até as 17h. “Antes os munícipes só tinham atendimento durante metade do dia”, comenta.

Buscando eficiência nas despesas, a Câmara está revendo os contratos.

“Somos o poder que fiscaliza o investimento público, por isso temos que dar exemplo, sem fazer economia burra, mas gerindo melhor os recursos”.

Da mesma forma, busca parcerias para auxiliar nas manutenções, como o CREA-SC, para reduzir custos de contrato, como de climatização dos ambientes.

Projetos essenciais receberam a autorização de recursos da Câmara de Vereadores

No resumo dos principais projetos aprovados até agora, o presidente Onésimo Sell registra recursos para pavimentação e ou recape de 52 ruas, no montante de R$ 12.232.860,00, destacando a Ruas Henrique Heise (Rio da Luz), Alvino Germano Lenz, Leocádio Osmar Rodrigues (do PEV), Erich Aben (Vila Lenzi), Francisco Winter (Jaraguá Esquerdo) e para as duas rotatórias nos acessos ao Parque Malwee e Schroeder.

Para a ponte que liga o Chico de Paulo (na altura da Metalúrgica Menegotti) com o Amizade (rua 13 de Maio), foi aprovado o projeto de R$ 8 milhões 68 mil. Terá 120,40 m de extensão. Em reformas, ampliações e construções de escolas e centros infantis, R$ 13 milhões, destacando a reforma da Escola Ana Nagel e ampliação/reforma da Escola Ribeirão Cavalo. E mais a ampliação e reforma do novo Centro Infantil Rita de Cacia da Silva Quadra, no Czerniewicz.

No combate a Covid-19, o total de recursos aprovados pela Câmara, este ano, foi R$ 2 milhões 72 mil, para dez leitos de UTI no hospital São José e seis no hospital Jaraguá, mais assistência farmacêutica básica por conta da emergência sanitária internacional da Covid. Afora isso, aprovou mais de R$ 8 milhões do Ministério da Saúde para custeio de leitos de UTI nos hospitais locais.

Na assistência social, o Legislativo Municipal aprovou R$ 3 milhões 439 mil para reformar o prédio do antigo Procad, para construção de unidade de acolhimento para crianças e adolescentes e ao Fundo Municipal de Assistência Social para atender despesas com benefícios eventuais, como auxílio natalidade, auxílio funeral, auxílio cidadão, auxílio passagem e o aluguel cidadão.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x