Geral

Papa Sorriso marcou a história da igreja de Jaraguá do Sul no breve pontificado

Em novembro de 2017, o Papa Francisco reconheceu as “virtudes heróicas” do papa João Paulo I

14/10/2021

Por

Papa Sorriso marcou a história da igreja de Jaraguá do Sul no breve pontificado

Arquivo/JDV

Em novembro de 2017, o Papa Francisco reconheceu as “virtudes heróicas” do papa João Paulo I, o primeiro passo para a santidade daquele que foi pontífice por 33 dias em 1978. Albino Luciani nasceu em 17 de outubro de 1912, no município de Forno di Canale, atualmente chamado Canale d’Agordo, na província de Belluno, na região de Vêneto, na Itália.

Foi eleito em 26 de agosto de 1978, a 43 anos, no segundo dia de conclave, como sucessor do papa Paulo VI, que morreu em 6 de agosto daquele ano. O nome escolhido foi uma combinação dos nomes dos dois antecessores, Paulo VI e João XXIII.

Em 28 de setembro sofreu um infante e faleceu, protagonizando o papado mais breve do século XX e um dos mais curtos da história.

Albino Luciani tem estreita ligação com imigrantes que vieram para a Colônia Luiz Alves, no Brasil. Muitos eram parentes, saídos da sua cidade natal e do Vale do Biois, coração das montanhas dolomitas. Em Jaraguá do Sul, o dia da sua morte – 28 de setembro – é comemorado o Dia da Chiesetta Alpina, a quem é dedicada, como homenagem a ele.

Um retrato do pontífice está dentro do monumento à fé do imigrante.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x