Geral

Passagem subterrânea irá unir dois bairros em Guaramirim

O Estado ainda precisa captar os recursos via financiamento para viabilizar a construção.

22/07/2020

Por

Passagem subterrânea irá unir dois bairros em Guaramirim

O Governo do Estado acatou a proposta da Prefeitura de Guaramirim para fazer uma passagem para pedestres, ciclistas e motociclistas para ligar os bairros Imigrantes ao Nova Esperança por baixo da BR 280.

Leia mais:

A informação foi repassada no final da tarde de segunda-feira pelo prefeito Luís Antônio Chiodini. Para ele, é uma notícia alvissareira porque vai ajudar muito na mobilidade urbana. O projeto original da duplicação do trecho urbano será modificado para atender a demanda do Município.

O vereador Charles Longhi, em novembro de 2018, fez indicação na Câmara de Guaramirim, pedindo estudo técnico ao Deinfra para a construção da passagem. A questão foi também discutida em audiência pública organizada pela Amvali e Avevi, a pedido da Promotoria Pública.

Para Charles, a luta pela abertura da passagem é de alguns anos, antes mesmo da indicação. Ela deve ser construída nas proximidades do trevo do relógio, em local que os técnicos do governo vão definir. Até a década de 1970 havia a estrada que interligava Guaramirim a Jaraguá pela antiga ponte sobre o Rio Itapocuzinho, que agora permite a passagem apenas de ciclistas e pedestres

Com a construção da SC-301 (atual BR-280), a passagem foi fechada. “Essa é uma boa notícia. Desde quando foi anunciado a duplicação do trecho urbano da rodovia a nossa preocupação sempre foi a travessia de pedestres e ciclistas, além dos motociclistas entre os dois bairros. Felizmente agora temos a confirmação de que ela será efetivamente construída”, registra o vereador.

Com a aceleração das obras, outra preocupação está relacionada a duplicação do viaduto do Mannes e da Ponte do Portal.

O Estado ainda precisa captar os recursos via financiamento para viabilizar a construção. “Corremos o risco de ter parte da duplicação pronta e nesses pontos as obras inconclusas. Já alertei o secretário de Infraestrutura e Mobilidade de SC, Thiago Vieira, sobre isso”, concluiu Charles Longhi.

Notícias relacionadas

x