Economia

Pedágio ambiental para entrar em Bombinhas volta a ser cobrado

A cobrança segue até o dia 15 de abril e varia de R$ 3,50 para motocicletas e R$ 148,50 para ônibus

15/11/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Pedágio ambiental para entrar em Bombinhas volta a ser cobrado

Divulgação/Setur Bombinhas

A partir desta segunda-feira (15), a taxa de preservação ambiental (TAP) volta a ser cobrada em Bombinhas para todos os veículos que entrarem no município. 

A cobrança segue até o dia 15 de abril e varia de R$ 3,50 para motocicletas e R$ 148,50 para ônibus. 

Estão isentos do pagamento os licenciados no município de Bombinhas e Porto Belo, cidade vizinha. 

Os veículos que realizam abastecimento no comércio e prestadores de serviços, veículos transportando artistas e aparelhagem para espetáculos, feiras, convenções, veículos de empresas concessionárias de serviços públicos, veículos de trabalhadores no município precisam ser cadastrados anualmente.

O cadastramento deve ser feito no site da prefeitura (clique aqui).

De acordo com a prefeitura, o município não tem meios suficientes para prover sozinho o encargo de minimizar os impactos ao meio ambiente causados durante a alta temporada.

Dessa forma, a cobrança acontece no período em que há um volume excessivo de pessoas e veículos em Bombinhas. 

Segundo a Lei, os recursos arrecadados com a TPA são aplicados em infraestrutura ambiental, educação ambiental, conservação e preservação do meio ambiente com seus ecossistemas naturais, limpeza pública e ações de saneamento. 

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp! 

Notícias relacionadas

x