Esportes

Pedido de recuperação extrajudicial do Figueirense é negado pelo juiz da Vara de Recuperações e Concordatas da Capital

O clube solicitava uma paralisação de 30 dias na execução das dívidas acumuladas em R$ 165 milhões

12/03/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Pedido de recuperação extrajudicial do Figueirense é negado pelo juiz da Vara  de Recuperações e Concordatas da Capital

O pedido de recuperação judicial feito pelo Figueirense na quinta-feira (11), junto à Vara Regional de Recuperações Judiciais, Falências e Concordatas de Florianópolis, foi negado pelo juiz Luiz Henrique Bonatelli nesta sexta-feira (12).

Conforme Bonatelli, o Furacão é uma associação sem fins lucrativos e, por isso, não se enquadra no pedido. O clube solicitava uma paralisação de 30 dias na execução das dívidas acumuladas em R$ 165 milhões, dos quais R$ 81 milhões são vinculados ao Figueirense FC e R$ 84 milhões à Figueirense Ltda, sob risco de falência.

Leia mais

Na ação apresentada em 35 páginas e assinada por cinco advogados –  Luiz Roberto Ayub, Pedro F. Teixeira, Filipe Guimarães, Pablo Cerdeira e Ana Paula Barbato – de duas empresas do ramo, o Alvinegro destacou a possibilidade de W.O se não conseguir manter um time para a temporada de 2021.  

“Em conclusão, este magistrado entende que a associação civil não se enquadra no conceito de sociedade empresária, razão pela qual não possui legitimidade para requerer recuperação judicial. E se não é admissível a legitimidade ativa para a ação principal não há como acolher-se o processamento desta cautelar àquela preparatória. Dessa forma, entendo que, por qualquer ângulo que se examine a questão em análise, a extinção da demanda em razão do indeferimento da petição inicial, por ilegitimidade ativa, é medida imperativa”, disse o magistrado.

O presidente do clube, Norton Flores Boppré, disse em entrevista coletiva nesta sexta, que a medida tomada às vésperas do centenário do clube, tem o objetivo de reestruturar a equipe.

O Figueira vive a maior crise na história do clube, que está na série C do Brasileirão. 

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

 

Notícias relacionadas

x