Jaraguá

Polícia Militar de SC vai abrir janela de transferência de policiais para outras cidades

A destinação dos novos policiais militares que estão concluindo o curso de formação em Florianópolis ainda não está definida

02/12/2021

Por

Polícia Militar de SC vai abrir janela de transferência de policiais para outras cidades

Divulgação

A destinação dos novos policiais militares que estão concluindo o curso de formação em Florianópolis ainda não está definida. O comandante-geral da Polícia Militar de Santa Catarina, Coronel Dionei Tonet, disse na sexta-feira (26), durante o ato que marcou o quarto ano de criação da 12ª Região Policial Militar, em Jaraguá do Sul, que será aberta uma janela de transferência de PMs formados de todo o Estado, para optar por regiões e cidades, antes do encaminhamento dos atuais alunos-soldados, que são mais de 500.

O comandante da PM de Santa Catarina disse ao JDV, com exclusividade, que como o número de novos PMs é pouco para atender os pedidos dos 295 municípios catarinenses, a transferência vai possibilitar para muitas cidades a equalização do efetivo operacional, promovendo uma melhor distribuição do efetivo nas Unidades Policiais Militares que enfrentam desequilíbrios de pessoal e se desdobram para balancear os quantitativos, considerando a média estadual do efetivo/população.

Neste processo de equalização, o que se busca é um melhor equilíbrio entre os quadros de pessoal, de modo a alinhar os indicadores com um coeficiente de referência estadual. O Comando Geral da PMSC entende que a movimentação gradual de uma Unidade para outra, com vistas ao melhor equilíbrio e ao enfrentamento das desigualdades existentes vai ajudar os municípios, aliado ao uso da inteligência artificial e planejamento de ação.

No planejamento das PMSC, a proposta é em cinco anos aumentar em 6% o efetivo com a formação de novos soldados em seus quadros.

Na região de Jaraguá do Sul, o efetivo também está deficitário. O Coronel Dionei Tonet explicou que a possibilidade de transferência de uma unidade para outra e mais os novos soldados, poderá haver o necessário reequilíbrio de policiais.

Ele comentou, igualmente, que o envolvimento da comunidade jaraguaense na segurança pública, em especial apoiando a Polícia Militar e a Polícia Civil, não existe similar em outras cidades de SC. “Existe até um certo “ciúme” do Batalhão de Jaraguá do Sul, pelo apoio que recebe, em especial do poder público municipal”, observou.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x