Geral

Procon de Jaraguá dá informações para evitar fraudes nas compras de final do ano

O diretor do Procon de Jaraguá do Sul, Ronnie Lux, orienta que desde já se comece a pesquisa daquilo que se deseja

11/11/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Procon de Jaraguá dá informações para evitar fraudes nas compras de final do ano

Malu da Silva

Com a tão aguardada “Black Friday” chegando, alguns consumidores aproveitam para antecipar as compras de natal, afinal, ela acontece na última sexta-feira de novembro às vésperas do período natalino.

Só em 2019, por exemplo, o setor varejista nacional registrou um faturamento de R$ 3,2 bilhões. Porém, em 2020, com a pandemia, houve retração significativa no consumo, mas que deve mudar devido ao avanço da vacinação e da queda nos índices de contágio. E, para que o consumidor não caia na chamada “Black Fraude”, o diretor do Procon de Jaraguá do Sul, Ronnie Lux, orienta que desde já se comece a pesquisa daquilo que se deseja.

“Como a ‘Black Friday’ é para a frente, recomendamos que se comece as pesquisas agora dos itens que deseja comprar. Entre no site das lojas e tire print contendo a data e a hora da pesquisa, condições de pagamento, descrição do item e valor para que se possa comprovar o desconto”, orienta.

Porém, é importante se atentar ao site, pois existem páginas na internet que imitam o site original.

“O consumidor deve olhar se no site consta o CNPJ da empresa, endereço, forma de contato, condições de pagamento para evitar algum tipo de fraude. Ele também pode entrar nos sites consumidor.gov.br e reclameaqui.com.br e ver comentários sobre a empresa e o produto que deseja comprar, para evitar algum tipo de fraude”, salienta Lux.

Outra dica do Procon, é se perguntar se aquele item realmente é necessário, pois muitas das compras nesse período acontecem por impulso e isso pode comprometer o orçamento futuro.

Mas, para além de eletrodomésticos e eletrônicos, que geralmente são os itens mais procurados, o diretor do Procon de Jaraguá do Sul explana que o consumidor pode aproveitar esses descontos para comprar itens que serão usados lá na frente, como materiais escolares.

“Muitas empresas colocam itens do material escolar na ‘Black’ e os pais podem aproveitar para antecipar essa compra, principalmente de itens básicos como uma mochila, por exemplo”, explica.

Antes de efetuar a compra, seja na loja física ou pela internet, é importante ficar atento às condições de troca. Em caso de lojas físicas, sempre exigir o cupom fiscal. Já nas compras on-line, Lux diz que é importante que o consumidor faça print de todas as conversas.

“Caso o consumidor receba alguma promoção por e-mail, evite colocar os dados pessoais e sempre prefira o pagamento através do cartão de crédito, pois dessa forma é possível identificar que recebeu o valor e até conseguir recuperá-lo”.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x