Geral

Procuradoria da Mulher é instaurada na Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul

Esse será mais um órgão que irá trabalhar em defesa dos direitos das mulheres no município

20/08/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Procuradoria da Mulher é instaurada na Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul

Na noite desta quinta-feira (19), aconteceu na Câmara de Vereadores, a solenidade que instaurou a Procuradoria da Mulher do Legislativo jaraguaense. Esse será mais um órgão que irá trabalhar em defesa dos direitos das mulheres no município.

Leia mais:

Além disso, foram empossadas a procuradora da Mulher, Nina Santin Camello, e a procuradora adjunta, Sirley Schappo. As vereadoras foram eleitas em 2020 e ambas vestidas com o lilás, a cor que representa a luta e as mobilizações contra a violência doméstica.

As duas, agora de posse de seus cargos, terão a responsabilidade de encaminhar aos órgãos competentes — como Delegacia da Mulher, Ministério Público e Polícia Militar — as denúncias de violência e discriminação contra a mulher que chegarem até a Procuradoria.

Também deverão sugerir, fiscalizar e acompanhar a execução de programas do poder público que visem a promoção da igualdade de gênero, assim como a implementação de campanhas educativas e antidiscriminatórias.

As procuradoras ainda vão trabalhar em prol do fomento à participação das mulheres na política. A resolução que criou o órgão ainda prevê que, caso não haja nenhuma vereadora eleita em Jaraguá do Sul nas próximas eleições, esses cargos poderão ser ocupados por vereadores homens.

A vice-governadora Daniela Reinehr, participou do evento de forma online. Ela parabenizou Nina e Sirley pela iniciativa.

“Tenho certeza que esse trabalho de vocês vai ajudar muito a zelar pelos direitos da mulher. Acho que temos que ser grandes incentivadores das mulheres e de todos os talentos e de todos os dons que o nosso estado e o catarinense têm”, salientou.

Nina agradeceu o apoio da comunidade e à vereadora Juliana Pavan que esteve presente no evento.

“Ela trouxe um exemplo, trazendo para nós os conhecimentos da Procuradoria da Mulher em Balneário Camboriú. Eu tenho certeza que este dia, para a Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul, vai ficar na história, pois criamos hoje aqui um braço a mais para dar atendimento às mulheres vítimas de violência”, ressaltou a procuradora da Mulher.

Emocionada, Sirley enalteceu os depoimentos da noite dizendo que eles mostram que as procuradoras estão no caminho certo.

“O depoimento de todas fez com que percebêssemos que nós estamos no caminho certo, lutando pelos direitos das mulheres e tomara que um dia a gente não precise mais de políticas públicas para a garantia dos direitos da mulher. Eu ainda sonho com isso, num país onde esse tipo de coisa não seja mais necessário.”

Além dos vereadores de Jaraguá, estiverem presente na cerimônia
a vereadora e procuradora da Mulher da Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú, vereadora Juliana Pavan, o procurador adjunto do órgão balneocamboriuense, vereador Anderson Santos, a chefe de gabinete e presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (Comdim), Emanuela Wolff, também representando o prefeito jaraguaense Antídio Lunelli.

Acompanharam de forma online, a desembargadora Salete Silva Sommariva, que é titular da Coordenadoria da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar (Cevid) do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC).

Além dela, a secretária de Esporte, Cultura e Lazer de Jaraguá do Sul, Natália Petry, e a secretária adjunta da OAB/SC, Luciane Mortari Zechini.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x