Economia

Programa Municipal Juro Zero tem boa procura em Jaraguá, avalia secretário

Pelo programa, o pequeno empreendedor poderá financiar de R$ 3 mil a R$ 5 mil, com pagamento em até dez parcelas

17/06/2020

Por

Programa Municipal Juro Zero tem boa procura em Jaraguá, avalia secretário

Completou um mês, nesta semana, da assinatura do contrato entre a Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação com as instituições financeiras Banco do Empreendedor, Acrevi e Blusol, que operam a linha de financiamento emergencial aberta pelo município voltada especificamente para microempreendedores individuais (MEIs), micro e pequenas empresas, bem como profissionais autônomos e empreendedores populares. Pelo programa, o pequeno empreendedor poderá financiar de R$ 3 mil a R$ 5 mil, com pagamento em até dez parcelas, sendo que os juros das operações quitadas em dia serão assumidos pela Prefeitura.

Leia mais:

Plenário pode votar na terça MP que permite antecipação de férias para evitar demissões durante pandemia

Economistas recomendam autocontrole às famílias

MP faz operação contra fraudes na compra de respiradores no Rio

 

A procura tem sido boa, segundo o secretário Neivor Bussolaro. O Decreto Nº 13.754/2020 determina as regras do programa Juro Zero regido pela Lei Municipal Nº 8.294/2020, aprovada em abril, como um socorro aos empreendedores para enfrentar o duro momento econômico causado pela pandemia do Covid-19.

Segundo o Decreto, microempreendedores individuais e profissionais autônomos que estejam devidamente cadastrados junto à Prefeitura, podem ter acesso a um crédito/empréstimo no valor máximo de até R$ 3 mil, no qual o Município será responsável pelo pagamento dos juros dessa operação financeira. O valor poderá ser acessado em dois momentos distintos para cada CNPJ.

Para Micro Empresas (ME) e Empresas Individuais (EI) com sede em Jaraguá do Sul, poderá ser concedido um crédito/empréstimo no valor máximo de até R$ 5 mil. As regras são as mesmas da anterior. Os créditos/empréstimos serão quitados em 12 parcelas, sendo as duas últimas pagas pela Prefeitura de Jaraguá do Sul, caso haja quitação em dia das 10 parcelas iniciais.

 

Expectativa é de que empréstimos alcancem até R$ 6 milhões

O Programa Municipal Juro Zero tem tido uma grande procura. A expectativa é de que haja entre R$ 5 a R$ 6 milhões de empréstimos, valores que vão fomentar a economia local, seja no consumo de suprimentos, mão de obra e capital de giro. Toda a operação de crédito é feita pelas instituições credenciadas pela Prefeitura.

“A vantagem é que a devolução será somente do valor do empréstimo porque os juros serão pagos pela Prefeitura. É uma oportunidade muito boa e um incentivo que o Município de Jaraguá do Sul está dando aos empreendedores para que mantenham seus negócios abertos e invistam no seu crescimento”, pondera o secretário Neivor.

Do tomador do empréstimo é solicitado toda a documentação, assim como do avalista. As instituições credenciadas são o Banco do Empreendedor (Rua Reinoldo Rau 252), Blusol (Rua Marina Fructuozo 700) e Acrevi (Marechal Deodoro 776).

 

Este conteúdo é gratuito graças aos nossos patrocinadores. A Rede de Postos Mime é um deles. <3

 

Notícias relacionadas

x