Estadual

Quatro pacientes são identificados com bactéria multirresistente em SC

A informação foi divulgada ontem (19)

20/05/2022

Por

Quatro pacientes são identificados com bactéria multirresistente em SC

Mauricio Vieira/Secom

Quatro pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Infantil e Neonatal do Hospital São Francisco, em Concórdia, foram identificados com uma bactéria multirresistente. A informação foi divulgada pela própria instituição ontem (19). A Vigilância Sanitária suspendeu novas admissões.

De acordo com a médica infectologista da unidade, Clarissa Guedes, a causa provável das infecções é a superlotação do setor. A UTI Infantil e Neonatal possui 12 vagas, todas ocupadas. “Infelizmente, há longa data estamos excedendo a nossa capacidade de ocupação, o que aumenta consideravelmente o risco de infecções e contaminações cruzadas”, informou.

A secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou uma nota informando que recebeu a notificação do aumento de casos de colonização por bactéria multirresistente e que, diante da situação, a Vigilância Sanitária do município realizou uma visita técnica à unidade.

“Ao constatar o risco para a saúde dos pacientes e evidenciada a superlotação, estabeleceu como medida cautelar a suspensão temporária de novas admissões nas UTI Neonatal e Pediátrica até que fossem retomados os padrões de qualidade de atendimento com segurança”, destacou o texto.

Segundo a SES, “é de extrema importância este bloqueio temporário nas internações para adequada limpeza e desinfecção da unidade, assim como ajustes no processo de trabalho para que a população seja assistida com toda segurança”, escrevem.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x