Corupá

Reajuste da tarifa de água é explicado, mas não convence vereadores de Corupá

Os vereadores e a população reclamam do reajuste, que ficou acima das demais autarquias de água do Vale do Itapocu

13/05/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Reajuste da tarifa de água é explicado, mas não convence vereadores de Corupá

A sessão da Câmara de Vereadores de Corupá, desta semana foi específica para debater o reajuste de 20,61%, na tarifa de água, solicitado pela Prefeitura e autorizado pela ARIS (Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento). Participaram o presidente da autarquia Águas de Corupá, Joney Cícero Morozini, e o diretor geral da ARIS, Adir Faccio. Os vereadores e a população reclamam do reajuste, que ficou acima das demais autarquias de água do Vale do Itapocu, com a tarifa mínima passando para R$ 49,09, a mais alta da região.

Leia mais

O diretor da ARIS, destacou que o índice de reajuste é solicitado pela Prefeitura e autorizado pela Agência, levando em conta os números apresentados pela autarquia, mas que este percentual já autorizado e em vigor em Corupá, pode ser revisto. Joney Cícero Morozini, presidente da Águas de Corupá, apresentou um levantamento, mostrando todo o funcionamento do sistema, problemas existentes, previsão de novos investimentos e justificou o reajuste com a necessidade de investir R$ 9 milhões.

O vereador Juliano Millnitz (PSL), assim como os colegas, questionaram o reajuste, mostrando a insatisfação deles e da população. Foi solicitada a revisão do reajuste, considerado ilegal.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x