Jaraguá

Realidade nos atendimentos à saúde é melhor do que em 2020

Em 2021 foram 19.013 consultas médicas

04/10/2021

Por

Realidade nos atendimentos à saúde é melhor do que em 2020

Ilustrativa

A equipe da secretaria de Saúde de Jaraguá do Sul foi à Câmara de Vereadores, na manhã da última quinta-feira (30), para a prestação de contas do 2° quadrimestre de 2021, apresentando os dados do setor entre os meses de maio e agosto. Neste ano, quase todos os atendimentos realizados pela pasta tiveram aumento em relação aos números apresentados em 2020. O secretário de Saúde, Alceu  Moretti explica que, por conta da pandemia de coronavírus, no ano passado as atividades da secretaria foram bastante afetadas, tendo alguns serviços interrompidos e outros que tiveram que diminuir de volume.

“Essa situação também gerou uma demanda represada, que está tendo de ser atendida agora”, observa.

Por exemplo, na Atenção Primária foram feitas 45.160 consultas médicas no 2° quadrimestre de 2021. Em 2020, esse número tinha sido de 33.083, ou seja, um aumento de 37%. Ainda maior foi o acréscimo nas demais consultas de profissionais de ensino superior da Atenção Primária – excetuando atendimentos de médicos – que saltaram 45%. Em 2020 foram 15.454. Em 2021, 22.415 consultas.

Na Atenção Especializada não foi diferente. Em 2021 foram 19.013 consultas médicas. Em 2020, 11.242. Situação que se repetiu na Farmácia, que teve uma demanda de 99.311 atendimentos em 2021. Em 2020, 86.805.

Todavia, o maior salto foi verificado no setor de vacinação, justamente por conta da imunização contra a Covid-19. No segundo semestre de 2021, foram aplicadas 215.171 vacinas – considerando todos os tipos de vacina. Segundo o diretor Dalton Fischer, cerca de três quartos dessas vacinas são de combate ao coronavírus.

Mais de cinco mil na fila – A pandemia também fez com que as cirurgias eletivas fossem interrompidas. Segundo a diretora Fabiana Conrado, essas cirurgias foram suspensas, através de decreto estadual, por conta da disponibilização dos leitos de UTI para tratamento da Covid-19. Ela esclarece que foi preciso reservar os leitos e os materiais médicos para os pacientes acometidos da doença.

Conforme observa Fabiana, essas cirurgias eletivas foram retomadas no início de 2021. Até agora já foram feitas 425 delas. E também foram realizadas 2.565 cirurgias urgentes. A diretora lembra que grande parte desses procedimentos urgentes são de pessoas que estavam na fila para cirurgias eletivas, mas que devido à piora da situação tiveram de ser atendidas de forma urgente. Ela ainda afirma que essa fila de espera das eletivas atualmente conta com 5.083 pessoas. Neste momento, segundo ela, estão sendo chamados aqueles pacientes que precisam de um procedimento com menor grau de complexidade e menor taxa de internação.

Fabiana afirma que a capacidade do município é a de realizar 240 cirurgias eletivas por mês e que grandes mutirões não poderão acontecer neste ano, já que, para se submeter aos procedimentos cirúrgicos, o paciente precisa de cerca de 120 dias para ser preparado, ou seja, fazer exames e avaliações que permitirão aos médicos conhecerem o real estado de saúde de cada um.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x