Política

Região de Jaraguá do Sul tem 540 candidatos a vereador e 18 a prefeito registrados

Para prefeito, Schroeder é recordista com seis candidaturas e os demais municípios possuem três candidatos. A novidade é Corupá, com três candidaturas, sendo duas femininas.

29/09/2020

Por

Região de Jaraguá do Sul tem  540 candidatos a vereador e 18 a prefeito registrados

Começou no domingo a campanha eleitoral para a escolha de prefeitos e vereadores em todo o Brasil. O DivulgaCandContas, sistema responsável pela divulgação das candidaturas registradas em todo o Brasil para as Eleições Municipais de 2020, acessado no endereço divulgacandcontas.tse.jus.br.

Até às 7h de ontem, segunda-feira, havia o registro de 19.141 candidatos a prefeito nas 5.566 cidades (média 3,5 por vaga) e 507.124 a vereador (média 9,3/vaga), enquanto que em Santa Catarina são 912 ao Executivo e 19.598 ao Legislativo, nos 295 municípios.

Leia mais:

Desenvolvida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a ferramenta permite consultar as candidaturas por município e cargo, acessar informações detalhadas sobre a situação dos candidatos que pediram registro de candidatura, bem como todos os dados declarados à Justiça Eleitoral, inclusive informações relativas às prestações de contas dos concorrentes.

O sistema dá uma verdadeira radiografia das candidaturas. Na região, são 540 candidatos a vereador lançados e 18 a prefeito. Com 192 candidatos e 11 vagas na Câmara, o “vestibular eleitoral” de Jaraguá do Sul é o mais disputado da região, com 17,4 candidatos por vaga. Guaramirim segue com 119 candidatos (para nove vagas), ou 13,2 candidatos por vaga na Câmara.

Schroeder lançou 100 candidatos a vereador e a média ficou em 11,1 disputando uma vaga, depois Corupá com 76 e 8,3 candidatos/vaga e Massaranduba com 54 candidaturas ao Legislativo lançadas, dando seis candidatos por vaga. Nesses municípios todos têm nove cadeiras na Câmara.

Para prefeito, Schroeder é recordista com seis candidaturas e os demais municípios possuem três candidatos. A novidade é Corupá, com três candidaturas, sendo duas femininas. São as únicas duas disputando cargos majoritários em toda a região.

A Justiça Eleitoral analisa as candidaturas registradas e vai considerá-las aptas ou inaptas, ou seja, vai deferir ou indeferir.

Seis candidaturas foram registradas para o Executivo Municipal de Schroeder

Terceiro município mais populoso da região e também em número de eleitores, Schroeder deu início à campanha eleitoral com seis candidatos a prefeito e 100 a vereador. Uma disputa de muitas nuances e oportunidades de escolha para os eleitores. O atual vice-prefeito Adriano Kath, do PSDB, disputa a sucessão de Osvaldo Jurck com o empresário Irineu Grade, com chapa pura.

A coligação “Trabalho e competência” (PP, MDB e PSL), tem a liderança do ex-vereador e ex-prefeito Felipe Voigt, que quer voltar a governar Schroeder. Seu candidato a vice é Lauro Tomczak (da farmácia). O professor Harildo Konell, do PL, forma chapa pura com o vereador Aurino Wudtke. O PRTB, estreante na disputa, formou chapa ao Executivo com Ildefons Rudi Berchtold e Vanderley Lopes.

O empresário Jair Bridaroli disputa pela segunda vez a eleição para prefeito e tem como vice o professor Maykel Roberto Laube. São da coligação “Juntos para renovar”, formada pelo PSD, Podemos e DEM.

O PDT vai com chapa pura. O ex-vereador e ex-vice prefeito Moacir Zamboni é candidato a prefeito, com Vagner Battisti como vice. À Câmara Municipal, 100 candidatos buscam as nove vagas, média de 11,1 candidatos/vaga.

Corupá surpreende com duas mulheres disputando a Prefeitura

O município de Corupá surpreendeu lançando duas mulheres para integrar a chapa majoritária. São as únicas na região, fato positivo quando é incentivado a participação feminina na política. O Avante lançou como candidata a advogada Ana Paula Schulze e como vice Ivan Zalewsky; a coligação Corupá Pode+ (PP, PDT e PSD) é formada por Eliane Cristina Müller e Egon Marquardt e o MDB com chapa pura formada por Luiz Carlos Tamanini, que tenta o quinto mandato com Cláudio Finta de vice.

Para a Câmara Municipal, os partidos lançaram 76 candidatos, com média de 8,3 candidatos por vaga. São nove vereadores a serem eleitos no dia 15 de novembro.

Políticos conhecidos buscam a eleição para o governo municipal de Massaranduba

A Capital Catarinense do Arroz tem três candidatos a prefeito, todos conhecidos nos meios políticos. O atual, Armindo Sésar Tassi busca a reeleição, tendo o ex-prefeito Odenir Deretti como seu vice, formando a coligação “Compromisso e trabalho por Massaranduba (MDB, PP e PSD). O vereador Pier Gustavo Berri disputa a Prefeitura pelo PL, tendo como vice Vanderlei Luchini. É chapa pura.

Com a coligação “Administração eficiente, Massaranduba pra frente”, Mário Fernando Reinke, que foi vice-prefeito em dois mandatos e prefeito também duas vezes, lidera a chapa, tendo como candidato a vice-prefeito um dos mais jovens vereadores de Santa Catarina, Djonathan Cisz. Estão coligados PSDB, PSL e Patriota.

A vereador são 54 candidatos, média de seis candidatos por vaga, a mais baixa da região.

Três candidatos buscam Prefeitura na Capital da Palmeira Real

A efervescência política começou antes mesmo da escolha dos pré-candidatos pelos partidos em Guaramirim. A chapa governista “Trabalhamos para você” (PP, PTB, PSL, DEM e PSD) manteve Luís Antônio Chiodini e Osvaldo Devegili, que buscam a reeleição, numa disputa bastante acirrada.

A coligação majoritária “Guaramirim para todos”, reúne MDB, PSDB e PL, com Fernando Nilson da Silva e Mário Sérgio Peixer Filho. Mário Sérgio, filho do ex-prefeito Dêgo, iria à vereança, mas por problemas na justiça com Carlos Ernesto Friedemann (PL), houve a substituição dias antes de expirar o prazo de registro de candidaturas.

O Patriota marca presença com a primeira eleição e chapa pura, com o vereador Ramon da Silva Castro e Giliardi Dorn. Para a Câmara Municipal, são 119 candidatos, média de 13,2 candidatos por vaga, a segunda maior da região.

Jaraguá do Sul dá a largada à campanha com 192 candidatos ao Legislativo

A cidade sede da microrregião do Vale do Itapocu tem três candidatos a prefeito. Antídio Aleixo Lunelli busca a reeleição pela coligação “Jaraguá do Sul não pode parar”, integrada pelo MDB, PTB, PSDB, Patriota, PP, Podemos e PSD, tendo o empresário José Jair Franzner como vice, fazendo estreia na política. É a maior coligação na região em número de partidos: sete.

A coligação “A experiência com segurança” é formada pelo PRTB e PSL, siglas que pela primeira vez disputam a Prefeitura. No entanto, o cabeça de chapa é o experiente Ivo Konell, o candidato com mais idade (75 anos), que já foi prefeito, deputado estadual, secretário municipal, tendo como vice Leandro Mioto Ramos, o Delegado Mioto.

O NOVO vai com chapa pura com Leandro Schmöckel e o Coronel Gonçalves, ex-comandante do 14º Batalhão PM. Leandro em 2018 disputou vaga à Câmara Federal, sendo o primeiro suplente.

A disputa pelas 11 vagas do Legislativo será acirrada. São 192 candidatos que solicitaram o registro para 11 vagas. Dá 17,4 candidatos por vaga. Destaque para a participação feminina, que pode renovar boa parte da Câmara.

TRE-SC recebe lista de gestores com contas irregulares do TCE/SC

Em encontro virtual realizado na sexta-feira (25), o presidente do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina, Adircélio de Moraes Ferreira Júnior, entregou ao presidente do TRE-SC, desembargador Jaime Ramos, a lista com os agentes públicos que tiveram suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas, com imputação de débito ou débito e multa, julgadas irregulares por decisões das quais já não cabe mais recurso.

A listagem, contém 989 nomes e 1.257 registros (o mesmo responsável pode ter mais de uma ocorrência).

O documento será fundamental para apoiar os juízes eleitorais em um momento tão importante para todo o povo catarinense.

Essas informações poderão instruir eventuais pedidos de impugnação das candidaturas, porque a Lei de Inelegibilidades declara inelegíveis por oito anos, a partir da data da decisão, pessoas que tiveram

“suas contas relativas ao exercício de cargos ou funções públicas rejeitadas por irregularidade insanável que configure ato doloso de improbidade administrativa, e por decisão irrecorrível do órgão competente, salvo se esta houver sido suspensa ou anulada pelo Poder Judiciário”.

No Vale do Itapocu, cerca de 20 nomes constam na relação, inclusive de pretendentes ao Executivo e Legislativo. Resta saber se a Justiça Eleitoral vai homologá-los, ou não.

Eleições 2020 têm recorde de registros, 33% são mulheres

O número de candidatos inscritos nas eleições municipais deste ano bateu recorde, com 542.352 pedidos de registros (prefeitos e vereadores), segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

No entanto, esse quantitativo deve sofrer alguma alteração, pois as solicitações ainda precisam ser aprovadas pela corte. Em 2016, o TSE havia recebido 496.927 solicitações de candidaturas, sendo que 5,62% foram rejeitadas pelo tribunal.

Os candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereador já iniciaram as suas campanhas no dia 27. Além disso, essa vai ser a segunda eleição municipal em que é vedado a doação de empresas aos candidatos.

Do total de registros de candidaturas, 33,1% são do gênero feminino. O percentual contradiz com o fato de que as mulheres, segundo o TSE, correspondem a 52,49% dos eleitores no país.

Essa será a primeira eleição municipal em que os partidos políticos são obrigados a repassar 30% dos recursos provenientes do Fundo Eleitoral a candidaturas femininas. 

A maior quantidade de solicitações de candidaturas nas eleições foi para o cargo de vereador (507.124), seguido pelos cargos de prefeitos e vice-prefeitos, com 19.141 pedidos de registros cada. MDB, PSD, PP, DEM e PSDB foram os partidos com o maior número de solicitações de candidaturas. (Fonte: Brasil 61)

Cresce 16% total de candidaturas no sul do Brasil

 

Foi dada a largada para as eleições municipais de 2020. Até o sábado (26), 90.430 pedidos de candidaturas para os cargos de prefeitos, vice-prefeitos e vereadores foram registrados na região Sul do país.

Desses, 23 candidatos foram considerados inaptos. Os dados do TSE apontam que os números de pedidos neste ano são 16% maiores que em 2016, quando o Tribunal recebeu 77.806 registros.

O número de candidatos para prefeitos e vices em Santa Catarina, é de 912, já para vereadores é de 19.598 até ontem (28). As eleições vão acontecer em 295 municípios.

Na região Sul, apenas 30 mil mulheres entraram na disputa, o que corresponde a 33,7 %, número pouco expressivo para quantidade de candidatos. (Fonte: Brasil 61)

 

Notícias relacionadas

x