Política

Rodovias SC-108 e BR-280 dominam pauta da assembleia da Avevi

O assunto principal foi a SC-108, que ontem, 18 de fevereiro, completou um ano do escorregamento e ainda não existe prazo para que tudo volte à normalidade

19/02/2020

Por

Rodovias SC-108 e BR-280 dominam pauta da assembleia da Avevi

O atraso nas obras de responsabilidade dos governos estadual e federal foi deplorado pelos participantes na assembleia da Associação de Câmaras e Vereadores do Vale do Itapocu, reunidos na tarde de sexta-feira, em Schroeder. O assunto principal foi a SC-108, que ontem, 18 de fevereiro, completou um ano do escorregamento e ainda não existe prazo para que tudo volte à normalidade.

O deputado Vicente Caropreso relatou as audiências havidas com o governador Moisés, com o secretário da Defesa Civil João Batista e com o secretário de Infraestrutura, Carlos Hassler. Este último não é mais secretário. Com o seu sucessor, Thiago Vieira, o deputado tucano disse que teve contato e encaminhou documento ao governador reclamando da fraca atuação do governo. “Cobramos a criação de uma força tarefa para dar agilidade à obra”, comentou.

O deputado federal Carlos Chiodini considerou a situação da SC-108 uma vergonha. Para ele, houve má condução do processo por falta de experiência do governo. Citou que para acelerar a obra é preciso que o Estado aporte mais recursos. Outra preocupação é com a empresa contratada e sugeriu que o contrato seja revisto.

Sobre a BR-280, Chiodini comentou que está empenhado para que mais recursos sejam empenhados este ano. O DNIT, em documento a Avevi, cita que foram solicitados R$ 370 milhões para todo o lote 2.2 (contorno de Guaramirim e Jaraguá do Sul), mas apenas R$ 73 milhões foram alocados no orçamento para 2020. Ele registrou que junto a bancada catarinense estão sendo solicitados mais R$ 100 milhões no orçamento da União.

Os vereadores também manifestaram preocupação com o quadro atual. A duplicação urbana da BR-280 também mereceu considerações. A proposta é que o elevado no trevo de acesso a Massaranduba seja construído paralelamente à Ponte do Portal. Um trevo no acesso aos bairros Escolinha e Guamiranga, pedido dos moradores, também foi abordado.

Outra preocupação levantada na assembleia relacionou-se ao início das obras no Cedup em Guaramirim. O gerente regional da Educação, Fernando Alflen, confirmou para agosto o início das aulas das primeiras turmas, nos cursos já definidos.

Notícias relacionadas

x