Geral

Saiba como se proteger dos riscos de vendavais e temporais

O verão iniciou nesta segunda-feira (21) e com ele há predominância de tempestades localizadas em Santa Catarina

21/12/2020

Por

Saiba como se proteger dos riscos de vendavais e temporais

O verão começou oficialmente às 7h02 desta segunda-feira  (21). Com ele, muitas vezes, além do sol e do calor, vêm as trovoadas de verão no fim da tarde, trombas-d’água e tempestades de massa de ar. O diretor de Defesa Civil de Jaraguá do Sul ressalta que o órgão manterá o plantão 24 horas pelo telefone 199 mesmo no recesso e férias coletivas da prefeitura. “Nessa época do ano as ocorrências que atendemos são relacionadas principalmente às chuvas de verão, deslizamentos e alagamentos.

Leia mais:

A Defesa Civil conta com equipes para atendimento a todas essas ocorrências, basta ligar no 199”, afirma Hideraldo Colle.

Confira abaixo algumas dicas da Defesa Civil para o fim de ano e verão

Antes da ocorrência de vendaval

-Revise a resistência de sua casa, principalmente o madeiramento de apoio do telhado;
-Desligue os aparelhos elétricos e o gás;
-Abaixe para o piso objetos que possam cair.

Sinais de deslizamento

-Aparecimento de fendas, depressões no terreno, rachaduras nas paredes das casas, inclinação de tronco de árvores, de postes e o surgimento de minas d’água;

Como evitar um deslizamento

-Não destrua a vegetação das encostas;
-Não jogue lixo em vias públicas ou barreiras, pois ele aumenta o peso e o perigo de deslizamento.

Ao verificar o risco de um deslizamento

-Avise seus vizinhos sobre o perigo. Avise a Defesa Civil, 199;
-Convença as pessoas que moram nas áreas de risco a saírem de casa durante as chuvas;

Risco de alagamento
-Não deixe crianças trancadas em casa sozinhas;
-Mantenha sempre pronta água potável, roupa e remédios, caso tenha que sair rápido da sua casa;
-Avise aos seus vizinhos sobre o perigo, no caso de casas construídas em áreas de risco de deslizamento. Avise a Defesa Civil;
-Tenha um lugar previsto, seguro, onde você e sua família possam se alojar no caso de uma inundação.

Notícias relacionadas

x