Estadual

Santa Catarina é o segundo estado do país com maior resolubilidade de homicídios

A taxa nacional é de 44%, conforme divulgado pela pesquisa “Onde Mora a Impunidade” realizada pelo Instituto Sou da Paz

14/10/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Santa Catarina é o segundo estado do país com maior resolubilidade de homicídios

Arquivo/Secom

Santa Catarina é o segundo Estado da União no ranking de esclarecimento de homicídios, conforme a pesquisa “Onde Mora a Impunidade” realizada pelo Instituto Sou da Paz. 

O resultado da quarta edição, foi divulgado nesta quarta-feira (13). Em porcentagem, Santa Catarina tem 83% dos casos esclarecidos, ficando atrás somente de Mato Grosso do Sul, que teve 89% dos crimes solucionados.

Não é de hoje que o Estado obtém bons resultados na resolubilidade de homicídios. Nos últimos anos, este índice tem chegado perto dos 80% – em alguns municípios este índice chegou a atingir 100% de resolubilidade – e se configura em um dos mais altos do país.

O papel desempenhado pela Polícia Civil é fundamental para o bom resultado. Há diversos fatores, entre os quais, o trabalho de investigação realizado e o fator humano dispensado nos trabalhos pelos policiais civis, com grande capacidade investigativa de atuação. Também há de se ressaltar a própria integração entre os órgãos de segurança pública no Estado.

Vale destacar ainda que, em cidades maiores, como Joinville e Florianópolis, a Polícia Civil conta com a existência de Delegacias de Homicídio, ou seja, equipes especializadas neste tipo de investigação, além das Divisões de Investigação Criminal (DICs) pelo Estado.

A pesquisa Onde Mora a Impunidade – Porque o Brasil precisa de um indicador nacional de esclarecimento de homicídios divulgou o resultado de 17 estados, que foram capazes de informar com precisão os dados de 2020 para que o Instituto fizesse o cálculo do índice de esclarecimento de homicídios, cuja taxa nacional foi de 44%.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp! 

Notícias relacionadas

x