Estadual

Santa Catarina reafirma seu compromisso de manter a sanidade dos rebanhos

O evento aconteceu na tarde desta terça-feira (10) e reuniu especialistas no assunto 

11/08/2021

Por

Santa Catarina reafirma seu compromisso de manter a sanidade dos rebanhos

O primeiro tema levantado durante a abertura do 13º Simpósio Brasil Sul de Suinocultura foi o primeiro caso de peste suína nas Américas, na República Dominicana. O evento aconteceu na tarde desta terça-feira (10) e reuniu especialistas no assunto.

Leia mais:

“Temos um grande desafio, que é a peste suína africana chegando na América. Temos muitas oportunidades e só poderemos aproveitá-las se mantivermos a nossa sanidade animal. Santa Catarina deve continuar trabalhando diuturnamente, buscando manter a nossa produção com sanidade e qualidade para abastecer o mundo”, reforçou o presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), Ricardo Santin.

De acordo com a pasta, Santa Catarina é o maior produtor e exportador de carne suína do Brasil e tem no agronegócio a base da sua economia, responsável por quase 70% de toda exportação e por mais de 30% do Produto Interno Bruto (PIB) estadual.

 

Peste Suína Africana

 

A Peste Suína Africana (PSA) é uma doença viral que não oferece risco à saúde humana, mas pode dizimar criações de suínos, pois é altamente transmissível e leva a altas taxas de mortalidade e morbidade. A doença é considerada pela OIE como uma das mais prejudiciais para o comércio internacional de produtos suínos.

No Brasil, a PSA foi introduzida em 1978 no estado do Rio de Janeiro, por meio de resíduos contaminados de alimentos provenientes de voos internacionais com origem em países onde a doença estava presente. A última ocorrência registrada no país foi em 1981 e, desde 1984, é livre de peste suína africana.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x