Geral

Santa Catarina registra aumento na doação de órgãos em 2020

A melhor marca até então era de 2014, quando o Estado contabilizou 1.386 transplantes 

12/06/2020

Por

Santa Catarina registra aumento na doação de órgãos em 2020

Mesmo com a pandemia de Covid-19, Santa Catarina teve um aumento de 15% em doações de órgãos nos primeiros cinco meses do ano em relação a 2019. De janeiro a maio de 2020, foram registradas 129 doações de múltiplos órgãos, 17 a mais do que o mesmo período do ano passado (112).

Neste ano, apenas no mês de março houve uma queda, se comparado aos dados de 2019. Foram registradas 34 doações em janeiro, 26 em fevereiro e 19 em março, mês marcado pelo fechamento de diversas atividades devido à pandemia.

Leia mais:

O crescimento foi retomado em abril e maio, com 23 e 27 doações efetivadas.

O ano de 2019 já havia sido um ano histórico neste quesito no Estado. Santa Catarina registrou 332 doadores efetivos em 2019, 45 a mais em relação a 2018. O Estado também teve o melhor desempenho da história nos transplantes: foram 1.507 procedimentos, contra 1.217 registrados em 2018. A melhor marca até então era de 2014, quando o Estado contabilizou 1.386.

Como foi

Das 394 doações de órgãos humanos de janeiro a maio, a maior parte foi córnea com 153, rim (100), fígado (36), esclera (26) e osso (25) citando as maiores. Santa Catarina tinha até abril 700 pacientes na lista de espera para receber transplante de órgãos, a maior parte para rim e córnea.

Notícias relacionadas

x