Economia

Santa Catarina tem melhor outubro da história na geração de empregos

O Estado teve um saldo positivo de 32.911 vagas em outubro, o melhor desempenho para o mês desde 2004,

01/12/2020

Por

Santa Catarina tem melhor outubro da história na geração de empregos

Santa Catarina apresenta novamente números expressivos na geração de empregos formais. O Estado teve um saldo positivo de 32.911 vagas em outubro, o melhor desempenho para o mês desde 2004, início da série histórica. Foram 116.806 admissões e 83.895 demissões.

Leia mais:

Além disso, teve o quarto maior saldo do Brasil, de acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, atrás de São Paulo (119.261), Minas Gerais (42.124) e Paraná (33.008). Depois de Santa Catarina, os mais próximos são Rio Grande do Sul (27.013) e Bahia (16.437).

No acumulado do ano, Santa Catarina apresenta o melhor desempenho entre todos os Estados, com um saldo de 35.210 carteiras assinadas. O setor de serviços obteve o melhor desempenho, com um saldo de 12.128 novas vagas.

Em seguida vem a indústria (11.256) e na sequência o comércio (7.891), a agropecuária (1.002) e a construção (634). No Brasil, o saldo positivo de geração de empregos foi de 394.989. Em setembro, Santa Catarina havia gerado 26.409 vagas.

Curva ascendente no saldo de empregos também na região

O saldo de empregos no mês de outubro foi positivo em todos os municípios da região, com a criação de 1.138 vagas, da mesma forma o acumulado do ano (saldo entre admissões e demissões de janeiro a outubro) totalizou 889 novos empregos gerados, depois de meses de resultados negativos por conta, principalmente, da crise sanitária internacional gerada pela pandemia da Covid-19.

O município polo, Jaraguá do Sul, contratou 3.056 trabalhadores em outubro e demitiu 2.432, ficando com um saldo de 624 novos empregos e o acumulado do ano ficou em mais 405 postos de trabalho (21.525 admissões e 21.120 desligamentos).

Guaramirim criou 272 novas vagas (802 admissões e 530 demissões) e o acumulado de janeiro a outubro foi de 53, ou seja, 5.608 contratações e 5.015 desligamentos.

Massaranduba teve saldo positivo de 117 vagas em outubro (251 para 134) e no acumulado, 36 postos de trabalho novos (1.730 admissões e 1.694 demissões).

Schroeder contratou no mês passado 226 trabalhadores e demitiu 151 (+75) e de janeiro a outubro, mais 219 (1.618 contratações e 1.399 desligamentos).

E Corupá teve saldo de mais 50 empregos em outubro (206 para 156) e no ano, mais 176 (1.558 para 1.382 demissões).

Notícias relacionadas

x