Corupá

SC ultrapassa marca de 200 mil empregos até novembro

Região gerou 10.291 empregos novos de janeiro a novembro de 2021

05/01/2022

Por

SC ultrapassa marca de 200 mil empregos até novembro

Agência CNI de Notícias

A economia de Santa Catarina segue mostrando sinais de forte recuperação em 2021. Em novembro, o Estado ultrapassou a marca de 205,8 mil novos empregos formais, de acordo com o Ministério da Economia. É o melhor resultado da série histórica do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Apenas em novembro, foram criados 17,8 mil novos postos de trabalho em solo catarinense. Os dados foram divulgados na antevéspera de natal.

Na opinião do governador Carlos Moisés, o resultado demonstra a força do setor produtivo catarinense. Com os mais de 205 mil empregos em 2021, houve um aumento de 9,7% no estoque de vagas formais no Estado. Isso significa um crescimento acima da média nacional. Em números absolutos, SC ficou atrás apenas de São Paulo e Minas Gerais e à frente do Paraná e Rio Grande do Sul, que têm população maior.

Na divisão por setores, os serviços obtiveram o melhor resultado de novembro no Estado, com 9.283 vagas criadas. Em seguida, apareceram o comércio (8.185), a agropecuária (274) e a construção civil (194). Apenas a indústria teve saldo negativo (-67).

No acumulado do ano, as 10 cidades que mais geraram empregos no Estado foram Joinville (17.223), Blumenau (14.389), Florianópolis (12.796), São José (11.749), Itajaí (10.674), Chapecó (7.987), Jaraguá do Sul (7.471), Palhoça (5.697), Criciúma (5.437) e Brusque (5.312).

Região gerou 10.291 empregos novos de janeiro a novembro de 2021

Especificamente no mês de novembro, Jaraguá do Sul teve saldo positivo de 377 novos empregos, diferença das 2.606 admissões e 2.229 demissões. De janeiro a novembro, foram 37.200 admitidos e 29.729 desligados, com saldo positivo de 7.471 postos de trabalho, o sétimo município que mais gerou empregos, embora seja o nono em população em SC.

Se comparado dezembro de 2020 a novembro de 2021, que dá um ano, o saldo ficou em 6.307 novos vínculos empregatícios, um pouco menos por conta das dificuldades da pandemia. É o resultado de 38.690 admissões e 32.383 demissões no período.

Já Guaramirim teve saldo positivo de 40 vagas em novembro (621 para 581), no ano (janeiro-novembro) de 1.422 (8.644 contratações e 7.222 desligamentos) e no período de um ano (dez/20 a nov/21) positivo com 1.176 novos postos de trabalho, diferença das 8.960 admissões e 7.784 demissões.

Corupá teve saldo negativo de 8 vagas em novembro, de 636 no ano e de dezembro/20 a novembro/21, 539 positivo. Massaranduba teve saldo negativo de 13 vagas (mais demissões do que contratações), 291 no ano e 202 considerando o período de um ano, positivos.

E Schroeder, saldo positivo de 29 vínculos em novembro, de 471 dentro do ano (até novembro) e 307 no período de 12 meses. No penúltimo mês do ano, Jaraguá, Guaramirim e Schroeder criaram 446 novos empregos e Corupá e Massaranduba perderam 29.

Na soma dos saldos positivos de janeiro a novembro, nas cinco cidades, o saldo ficou em 10.291 postos de trabalho. Mas, de dezembro/20 até novembro, o saldo era de 8.531, justamente pelos números ruins provocados pela pandemia em alguns meses de 2020 e 2021.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp! 

Notícias relacionadas

x