Saúde

SUS – Municípios receberão R$ 401 mi para cadastrar brasileiros

Para garantir essa mobilização e estimular os municípios a cadastrarem e incluírem mais brasileiros no SUS, o Governo do Brasil vai repassar ainda neste ano R$ 401 milhões a todos os municípios

22/12/2019

Por

SUS – Municípios receberão R$ 401 mi para cadastrar brasileiros

O incentivo financeiro deve ser usado por secretários municipais de saúde para registro de mais pessoas nos serviços da Atenção Primária, permitindo que mais brasileiros tenham a sua saúde acompanhada no dia a dia. O Ministério da Saúde está convocando gestores e profissionais de saúde de todo País a atualizarem o registro dos pacientes no Sistema Único de Saúde (SUS). Para garantir essa mobilização e estimular os municípios a cadastrarem e incluírem mais brasileiros no SUS, o Governo do Brasil vai repassar ainda neste ano R$ 401 milhões a todos os municípios.

A portaria que autoriza os recursos foi publicada na quinta-feira (12) no Diário Oficial da União. Serão R$ 8,9 mil para cada uma das cerca de 45 mil Equipes de Saúde da Família (ESF). A iniciativa faz parte do programa “Previne Brasil” que traz uma nova proposta de financiamento da Atenção Primária. Agora, consultas médicas e exames garantirão mais recursos federais. Assim, os serviços de saúde que acompanharem o dia a dia da saúde das pessoas, com consultas regulares e exames, prevenindo doenças ou evitando complicações, serão recompensados.

RECURSOS – Santa Catarina tem 1.863 equipes da Estratégia Saúde da Família e vai receber R$ 16.632,435,51. Jaraguá do Sul, com 22 ESFs receberá R$ 196.410,94, Schroeder (6) R$ 53.566,62, São João do Itaperiú (uma) R$ 8.927,77, Massaranduba (6) R$ 53.566,62, Guaramirim (8) R$ 71.422,16, Corupá (4) R$ 35.711,08 e Barra Velha R$ (9) R$ 80.349,93.

Notícias relacionadas

x