Política

TCE/SC divulga dados do Índice de Efetividade da Gestão Municipal

O índice apontou que no ano passado 74,2% dos municípios catarinenses atingiram a qualificação B (efetiva), considerada média

29/11/2019

Por

TCE/SC divulga dados do Índice de Efetividade da Gestão Municipal

O Tribunal de Contas de Santa Catarina aprovou na sessão de quarta-feira (27) o envio aos prefeitos de todos os municípios catarinenses do resultado do relatório do Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM), elaborado pela Corte de Contas e que mede a eficiência das administrações referente a 2018. O índice apontou que no ano passado 74,2% dos municípios catarinenses atingiram a qualificação B (efetiva), considerada média.

São 219 das 295 prefeituras neste patamar. Outras 66 estão um degrau abaixo, em fase de adequação (C+). Apenas duas obtiveram avaliação mínima (C) e oito foram consideradas muito efetivas (B+). Ninguém obteve pontuação máxima (A). Na região, o município de Schroeder novamente ficou entre os 10 com melhores índices do Estado, com 0,75%, muito próximo do máximo recebido que foi 0,81%.

O IEGM mede o grau de aderência das gestões municipais a práticas de controle em sete áreas: educação, saúde, gestão fiscal, planejamento, meio ambiente, defesa civil (cidades protegidas) e governança em tecnologia da informação. Quando o recorte do estudo do TCE/SC é feito pelas áreas analisadas, o destaque fica relacionado à saúde, setor que recebeu nota média de 0,85. O sinal de alerta acende no tema planejamento, com média de 0,32.

Schroeder está novamente entre os melhores de Santa Catarina

Entre 1º e 30 de abril, as prefeituras catarinenses responderam questionário com 238 questões para avaliar o grau de comprometimento delas com boas práticas de gestão. No passo seguinte, técnicos do Tribunal visitaram 30 dessas cidades, escolhidas por amostragem, entre elas Schroeder, para validar as informações fornecidas por agentes municipais.

O IEGM é gerenciado nacionalmente pelo Instituto Rui Barbosa (IRB) dentro da Rede Nacional de Indicadores Públicos (Rede Indicon). Ele é aplicado por todos os tribunais de contas do país. Luzerna e Xanxerê tiveram o índice mais alto em SC (0,81), Rio das Antas e Formosa do Sul (0,79), Arvoredo, Ibicaré e Cocal do Sul (0,76), Abdon Batista, Itajaí e Schroeder (0,75%). São as mais bem avaliadas do Estado.

Notícias relacionadas

x