Geral

Técnicos definem esta semana local de instalação do radar em Jaraguá

O Radar do Norte irá proporcionar um monitoramento mais preciso da chuva, que auxilia na emissão de alertas de deslizamentos e inundações, além de tempestades com granizo e ventos fortes que provocam quedas de árvores, danificação e destruição de residências e queda de energia elétrica

28/11/2019

Por

Técnicos definem esta semana local de instalação do radar em Jaraguá

A Defesa Civil de Santa Catarina adquiriu recentemente por meio de processo licitatório o novo radar meteorológico que será instalado na região Norte do Estado. A empresa vencedora foi Enterprise Eletronics Corporation com o valor de R$ 3.754.437,33. O objetivo do equipamento é melhorar a cobertura da região, que devido às características de relevo, apresenta micro climas. O radar meteorológico adquirido é de banda X Doppler, com dupla polarização e transmissor em estado sólido, de última geração.

Comparado com radares valvulados Magnetron, os radares em estado sólido possuem uma maior eficiência energética e baixíssimo custo de manutenção. O equipamento é capaz de realizar vigilância meteorológica total de uma área geográfica circular com um raio de pelo menos 100 km. Ele possui a capacidade de detectar hidrometeoros (água, gelo, granizo e até neve), com até 50 km de distância é capaz de detectar a velocidade do vento no modo doppler. A empresa vencedora da licitação é a mesma fornecedora dos radares do Vale (banda S, instalado em Lontras) e do Sul (banda X, instalado em Araranguá).

A Defesa Civil está realizando um estudo de localização para definir o local exato de instalação. Estudos preliminares indicam que o local mais favorável é o Morro das Antenas, em Jaraguá do Sul. A definição oficial deve ocorrer ainda em novembro. No dia 28, quinta-feira, técnicos de uma empresa contratada pela Defesa Civil de SC estarao no Morro das Antenas para os testes finais de interferência eletromagnética. A informação é do coordenador regional da Defesa Civil, Sargento BM Osvaldo Gonçalves.

Morro das Antenas reúne as condições ideais

O coordenador da Defesa Civil, Sargento BM Gonçalves diz que existem outras cidades interessadas em ser a sede do radar meteorológico, inclusive Florianópolis, mas Jaraguá do Sul, pela localização geográfica, deve ser confirmada. “O Morro das Antenas reúne as condições ideais para a instalação, só falta definir o ponto onde não haja nenhuma interferência”, aponta.

A aquisição do Radar do Litoral Norte faz parte da estratégia do Estado de Santa Catarina na estruturação de uma rede de radares meteorológicos que já conta com três radares, do Vale (Lontras), do Oeste (Chapecó) e do Sul (Araranguá). O novo radar irá cobrir a região com mais de 1 milhão e 400 mil moradores e o maior PIB do Estado. A região é frequentemente afetada por inundações, enxurradas, alagamentos e deslizamentos. Muitos destes eventos são causados pela circulação marítima que traz nuvens baixas, mas muito carregadas de água e umidade em direção ao continente com relevo bastante acidentado.

O Radar do Vale, de Lontras, está a mais de 100 km de distância (em linha reta) das principais cidades do Litoral Norte. Nestas distâncias o feixe do radar está acima de 2 km de altitude e não consegue detectar com precisão a chuva provocada por estas nuvens. O Radar do Norte irá proporcionar um monitoramento mais preciso da chuva, que auxilia na emissão de alertas de deslizamentos e inundações, além de tempestades com granizo e ventos fortes que provocam quedas de árvores, danificação e destruição de residências e queda de energia elétrica. (Com informações da Defesa Civil de SC).

Notícias relacionadas

x