Esportes

Terceira derrota seguida acende o sinal de alerta

A equipe precisa reagir para ficar entre os oito times mais bem posicionados, evitando as duas colocações posteriores para brigar pela permanência na Série A

18/02/2020

Por

Terceira derrota seguida acende o sinal de alerta

Depois de um bom começo, com empate e duas vitórias, o Juventus estacionou e acumula, agora, três derrotas consecutivas, vendo os times de cima da tabela se distanciarem e os de baixo se aproximarem. Vindo de derrotas para o Tubarão e para o JEC (em casa) a expectativa era de que no domingo, no fechamento da sexta rodada, trouxesse pelo menos um empate diante do embalado Brusque, mas não foi isso que aconteceu.

Embora tivesse as melhores chances na etapa inicial, teve uma queda de rendimento no segundo tempo, permitindo ao Brusque o gol aos 19 minutos, resultado que permaneceu até o apito final. Régis e Anderson Pico, as principais contratações, não jogaram e tampouco foram relacionados no banco pelo técnico Jorginho.

A vitória deu ao Brusque a liderança, com 13 pontos, que divide com o Marcílio Dias. A rodada do final de semana apresentou os resultados Chapecoense 1×1 Criciúma, Marcílio Dias 2×1 Figueirense, Avaí 2×1 Joinville, Concórdia 4×1 tubarão e Brusque 1×0 Juventus.

A classificação está assim: Brusque e Marcílio Dias 13, Avaí e Figueirense 10, JEC e Criciúma 9, Juventus 7 (2 vitórias, um empate e 3 derrotas), Tubarão 5, Concórdia 4 e Chapecoense 3 pontos. O índice aproveitamento do Juventus é de 40 por cento.

Em razão do carnaval, o Campeonato Catarinense da Série A fica paralisado por duas semanas. A tabela da 7ª rodada marca a próxima partida do Juventus para o dia 29, às 16h, no Estádio João Marcatto, diante do Concórdia. No mesmo dia jogam Tubarão x Avaí e JEC x Marcílio Dias.

No dia 1º de março, Criciúma x Brusque e Figueirense x Chapecoense. O time treinado por Jorginho joga depois no dia 8 diante do Avaí, na Capital, e fecha a primeira fase no dia 15 contra o atual líder, Marcílio Dias. A equipe precisa reagir para ficar entre os oito times mais bem posicionados, evitando as duas colocações posteriores para brigar pela permanência na Série A.

Notícias relacionadas

x