Estadual

Trabalhadores da indústria integram novo grupo prioritário para vacinação contra Covid-19 em Santa Catarina

Veja a lista de atividades da indústria contempladas no grupo prioritário

05/07/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

Trabalhadores da indústria integram novo grupo prioritário para vacinação contra Covid-19 em Santa Catarina

A partir desta segunda-feira (5), os trabalhadores industriais passam a integrar um novo grupo prioritários para a vacinação contra a Covid-19, em Santa Catarina. 

Leia mais

Veja a lista de atividades da indústria contempladas no grupo prioritário 

  • Produção florestal (extração de madeira, produção de carvão, coleta de látex);
  • Extração de carvão mineral;
  • Extração de petróleo e gás natural;
  • Extração de minerais metálicos;
  • Extração de minerais não-metálicos;
  • Atividades de apoio à extração de minerais;
  • Fabricação de produtos alimentícios;
  • Fabricação de bebidas;
  • Fabricação de produtos do fumo;
  • Fabricação de produtos têxteis;
  • Confecção de artigos de vestuários de acessórios;
  • Preparação de couros e fabricação de artefatos de couro, artigos para viagem e calçados;
  • Fabricação de produtos de madeira;
  • Fabricação de celulose, papel e produtos de papel;
  • Impressão e reprodução de gravações;
  • Fabricação de coque, de produtos derivados do petróleo e de biocombustível;
  • Fabricação de produtos químicos;
  • Fabricação de produtos de borracha e de material plástico;
  • Fabricação de minerais não-metálicos;
  • Metalurgica;
  • Fabricação de produtos de metal, exceto máquinas e equipamentos;
  • Fabricação de equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos;
  • Fabricação de máquinas, aparelhos e materiais elétricos;
  • Fabricação de máquinas e equipamentos;
  • Fabricação de veículos automotores, reboques e carrocerias;
  • Fabricação de outros equipamentos de transporte, exceto veículos automotores;
  • Fabricação de móveis;
  • Fabricação de produtos diversos;
  • Manutenção, reparação e instalação de máquinas e equipamentos;
  • Eletricidade, gás e outras utilidades;
  • Captação, tratamento e distribuição de água;
  • Esgoto e atividades relacionadas;
  • Coleta, tratamento e disposição de resíduos;
  • Descontaminação e outros serviços de gestão de resíduos;
  • Construção de edifícios;
  • Obras de infra-estrutura;
  • Serviços especializados para construção;
  • Reparação de veículos automotores e motocicletas;
  • Transporte terrestre;
  • Armazenamento e atividades auxiliares dos transportes (concessionárias de rodovias, pontes, túneis e serviços relacionados);
  • Correio e outras atividades de entrega;
  • Alimentação (fornecimento de alimentos preparados preponderantemente para empresas);
  • Atividades cinematográficas, produção de vídeos e de programas de televisão, gravação de som e educação musical (estúdios cinematográficos);
  • Telecomunicações;
  • Serviços de arquitetura e engenharia, testes e análises técnicas (serviços de engenharia, serviço social da indústria, serviços de perícia técnica relacionados à segurança do trabalho, serviço social da indústria);
  • Aluguéis não-imobiliários e gestão de ativos intangíveis não-financeiros (aluguel de andaimes);
  • Educação (serviço nacional de aprendizagem industrial e outras atividades de ensino não especificadas anteriormente);
  • Atividades ligadas ao patrimônio cultural e ambiental (restauração e conservação de lugares e prédios históricos). 

Conforme deliberado na reunião da Comissão de Intergestores Bipartite (CIB), para receber a vacina, os trabalhadores industriais deverão apresentar carteira de trabalho ou crachá funcional, ou contracheque com documento de identidade, além de declaração da empresa com indicação de CNAE e de sua descrição.

Segundo o superintendente de Vigilância em Saúde de Santa Catarina, Eduardo Macário, 30% do total de doses que foram encaminhadas nesta segunda aos municípios, deve ser destinada para o novo grupo prioritário. 

“Com essa remessa, os municípios precisam se organizar para continuar com a vacinação por faixa etária e também ampliar para os trabalhadores industriais”.

Os municípios da microrregião receberam 10.961 doses.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x