Cultura

Tradição do “pinzot” é revivida no primeiro dia do ano em Massaranduba

Essa manifestação cultural foi trazida da Itália, pelos imigrantes

04/01/2022

Por

Tradição do “pinzot” é revivida no primeiro dia do ano em Massaranduba

Divulgação

Anualmente, no capodanno (passagem de ano), as crianças da região alta de Massaranduba, principalmente, percorrem as casas desejando “buon principio d’anno”, ou um bom início de ano, acompanhados de familiares, onde geralmente recebem guloseimas e até algum dinheiro. É o chamado “pinzot” ou “pinsot”, que não tem uma tradução literal.

É uma tradição de muitas décadas. As crianças ficam alvoroçadas e curiosas para saber o que vão ganhar e enchem as sacolas de presentes. As famílias se preparam com os pacotes especiais para entrega, sempre na manhã do dia 1º de janeiro, onde recebem o desejo de um feliz ano novo e prosperidade. Já no amanhecer começa a movimentação.

Essa manifestação cultural foi trazida da Itália, pelos imigrantes. No início da colonização italiana as crianças embrenhavam-se pelas picadas, a pé e descalças para desejar o “buon principio d’anno” e geralmente ganhavam algo em troca.

Hoje, os pequenos, quando possível, vão de carro, acompanhados pelos pais, por segurança. E tem até grupo de WhatsApp para se comunicarem e organizar as visitas. Mas, é possível ver crianças em grupos caminhando com suas sacolas cheias depois de visitarem as casas, como no 7 de Janeiro, Bracinho, 2º Braço, Santa Luzia, Braço Direito e outras localidades.

É cultural e remonta do início da colonização pelos italianos, nas regiões altas de Massaranduba, passada de geração para geração. Em 2022 a tradição se repetiu, com centenas de crianças participando do “pinzot”, no primeiro dia do ano.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp! 

Notícias relacionadas

x