Geral

TRE-SC registra número recorde de candidatos nas Eleições 2020

O número se refere aos candidatos indicados em ata pelos partidos e encaminhados ao TRE-SC e constam do DivulgaCandContas – sistema que controla os registros.

01/10/2020

Por

TRE-SC registra número recorde de candidatos nas Eleições 2020

O Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina registrou, para as eleições deste ano, um número recorde de candidatos.

Até segunda-feira (28), haviam 21.422 pedidos de registro de candidaturas no Estado, o que representa um aumento de 21,45% em comparação com as eleições municipais de 2016, quando foram 17.639 candidatos registrados.

Havia, até então, 19.598 candidaturas para vereador e 912 para prefeito e vice-prefeito nos 295 municípios catarinenses. Este número pode mudar após o julgamento dos pedidos de registro de candidatura, que se encerra em 26 de outubro.

O número se refere aos candidatos indicados em ata pelos partidos e encaminhados ao TRE-SC e constam do DivulgaCandContas – sistema que controla os registros. O sistema é disponibilizado na internet para todos os cidadãos.

Joinville, o maior colégio eleitoral do Estado, também é o município que mais possui registros de candidatos. São 582, sendo 15 para prefeito e 552 para vereador.

Em seguida vem Florianópolis, com 523 candidaturas: são 10 para prefeito e 503 para vagas na Câmara Municipal. Blumenau, a cidade com terceiro maior número de eleitores, tem 12 candidatos para prefeito e 357 para vereador.

Em Jaraguá do Sul, são 192 candidatos a vereador e três a prefeito e vice. Aumentou em 50% as candidaturas à Câmara Municipal em relação a 2016. Os números também apresentam que 30 candidatos no Estado têm 18 anos. Entre os candidatos mais idosos, foram 13, na faixa de 80 a 84 anos, que registraram candidaturas.

 

Fim das coligações aumentou as candidaturas de mulheres

A Emenda Constitucional nº 97/2017 vedou, a partir deste ano, a celebração de coligações nas eleições proporcionais para a Câmara dos Deputados, Câmara Legislativa, Assembleias Legislativas e Câmaras Municipais.

Um dos principais reflexos da mudança se deu nesse crescimento de pedidos de registro de candidaturas à Justiça Eleitoral, especialmente porque, com o fim das coligações, cada partido deveria, individualmente, indicar o mínimo de 30% de mulheres filiadas para concorrer no pleito.

A mudança impactou, principalmente, o fomento à participação feminina na política do Estado. Antes, a indicação de mulheres para participar das eleições era por coligação e, agora, é por partido.

Este ano são 7.215 mulheres com candidaturas registradas, o que representa 33,7% em SC. Em comparação com 2016, quando 5.564 disputaram o pleito eleitoral, houve um crescimento de 2,2%.

Em Jaraguá do Sul, são 64 mulheres na disputa, o que representa 33,3% do total de registros no TSE. Em Guaramirim, dos 119 candidatos, 39 são do sexo feminino.

 

Mais de 23 por cento dos candidatos têm curso superior

Os dados do sistema de registro DivulgaCandContas da manhã de ontem (29) indicavam, em nível de Brasil, o registro de 546.468 candidatos a prefeito e vereador, contra 496.926 havidos em 2016. À reeleição são 22.113. Do total, 66,9% masculinos e 33,1% femininos, dos quais 51,4% casados, 37,2% solteiros, 8,4% divorciados, 1,9% viúvos e 1,12% separados judicialmente.

As cores predominantes dos candidatos são branca (47,76%), parda (39,44%) e preta (10,46%). Possuem o ensino médio completo 38,11% dos candidatos brasileiros, 23,39% com curso superior, 12,76% com o ensino fundamental incompleto e 12,19% com o fundamental completo.

Com ensino médio incompleto são 4,69% do total, com superior incompleto 4,47% e lê e escreve 3,13%. Estes, em número, são 17.104, conforme as estatísticas divulgados pelo TSE.

 

Notícias relacionadas

x