Estadual

[VÍDEO] Ação conjunta entre Polícias Civis de SC e SP liberam caminheiro de cárcere após quatro dias

De acordo com a Polícia Civil, o morador de Santa Rosa do Sul, foi atraído até o estado paulista por um vantajoso trabalho de frete

17/08/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

[VÍDEO] Ação conjunta entre Polícias Civis de SC e SP liberam caminheiro de cárcere após quatro dias

Uma ação conjunta entre as Polícias Civis de Santa Catarina e São Paulo conseguiram liberar um caminhoneiro que ficou quatro dias em cárcere, em Osasco (SP). 

Leia mais

De acordo com a Polícia Civil, o morador de Santa Rosa do Sul, no Sul catarinense, foi atraído até o estado paulista por um vantajoso trabalho de frete. 

Na manhã de sexta-feira (13), ele foi assaltado por alguns homens e permaneceu até hoje pela manhã, quando foi liberado. 

Durante todo o período que ficou em cárcere, diversas tentativas de extorsão foram feitas pelos sequestrados à família da vítima. 

Para resolução do caso, foi montada uma força-tarefa que integrou as Polícias Civis dos dois estados. 

“Nós montamos uma força-tarefa, ficamos acompanhando as negociações e fizemos as investigações. A Diretoria de Inteligência da Polícia Civil colocou agentes à disposição para nos ajudar nesse sentido. Fizemos contato com a DAS de São Paulo, que é a divisão de sequestros de lá, que foi nos passando informações e nós fomos auxiliando nas negociações com a família aqui”, contou o Delegado de Polícia em Santa Rosa do Sul, André Coltro.

A vítima foi libertada sem sinais de tortura. Ainda não houve prisão dos sequestradores, mas o delegado afirma que um deles já foi identificado.

A investigação continuará a ser realizada pela Polícia Civil de São Paulo. 

Atuaram a DP de Santa Rosa do Sul, a Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC), por meio da Delegacia de Roubos e Antissequestro (DRAS/PCSC), a Diretoria de Inteligência da PCSC, a DP de Indaial e a PCSP.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x