Estadual

[VÍDEO] “Não tememos os desafios que os mercados nos impõem”, afirma Vicente Donini no discurso da Ordem do Mérito Industrial

A entrega aconteceu na manhã desta sexta-feira, na sede da Fiesc

22/10/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

[VÍDEO] “Não tememos os desafios que os mercados nos impõem”, afirma Vicente Donini no discurso da Ordem do Mérito Industrial

Isis Lacombe

Nesta sexta-feira (22), o industrial Vicente Donini recebeu a comenda Ordem do Mérito Industrial (CNI). A entrega do prêmio aconteceu na sede da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), em Florianópolis. 

O empresário disse que os industriais catarinenses não esmorecem. 

“Não tememos os desafios que os mercados nos impõe. Apenas clamamos por um ambiente de negócios menos hostil, formal e com total equidade de tratamento fiscal. O ambiente de negócios requer de nossos governantes mais assertividade em suas ações, maior harmonia entre os poderes constituídos, menos letargia e extremismos”, declarou, ressaltando que é preciso resiliência e determinação para enfrentar os grandes desafios que 2022 prenuncia.

O presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar, disse que os homenageados são exemplos  incontestáveis do diferencial cultural do empresário catarinense. 

“Foi assim que Santa Catarina criou as bases que sustentam uma indústria pujante que, por sua vez, explica a nossa economia equilibrada, com tantos indicadores acima da média nacional, como emprego, crescimento, longevidade, entre outros”, afirmou.

Ele também chamou a atenção para os impactos do Custo Brasil na economia. “O excesso de burocracia e a complexidade de nossa legislação elevam o custo das empresas, que precisam manter grandes estruturas apenas para atender as obrigações normativas. São inúmeros funcionários dedicados a atividades que não geram valor, agregando custos e reduzindo a nossa competitividade”, declarou. 

O governador Carlos Moisés da Silva (sem partido) e a vice-governadora Daniela Reinehr, também estiveram presentes no evento. 

Moisés afirmou que é justo homenagear aqueles que empreendem e ajudam a construir um Estado cada vez melhor. 

“Estamos fazendo investimentos históricos na infraestrutura, inclusive em rodovias federais, e na educação, garantindo aos jovens a oportunidade de cursar o ensino superior, melhorar suas condições socioeconômicas e contribuir para o desenvolvimento de Santa Catarina”, pontuou. 

Foram homenageados os industriais Fernando Cestari de Rizzo (Tupy, de Joinville), Gelson Dalla Costa (Apti Alimentos, de Chapecó), Júlio André Ruas Tedesco (in memoriam – Grupo Tedesco, de Balneário Camboriú), Sirivaldo José Barbieri (Pioneiro Baterias, de Treze Tílias), Salézio José Martins (Grupo Kyly, de Pomerode), Ricardo Minatto Brandão (Brametal, de Criciúma), além de Vicente Donini, do Grupo Marisol, de Jaraguá do Sul, que recebeu a comenda nacional, da CNI. O diretor da Fiação São Bento, Horst Maul, recebeu uma homenagem especial pelos 76 anos dedicados à indústria.

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

Notícias relacionadas

x