Geral

VÍDEO: saiba como vai funcionar a locação de bikes elétricas em Jaraguá

Os principais envolvidos pela inovação, Jean Cardoso, Roberto Franskowiak e Tiago Bogo estiveram no JDV pra tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto:

16/02/2021

Por

VÍDEO: saiba como vai funcionar a locação de bikes elétricas em Jaraguá

No mês de março, Jaraguá do Sul ganha o sistema de bicicleta elétrica compartilhada, uma iniciativa da startup catarinense ALLMobility, por meio da goMOOV, que vem apostando nesse conceito como forma de auxiliar na solução da mobilidade urbana e utilização de energias limpas.

Jaraguá do Sul será a segunda cidade do País a contar com esse serviço, que deve chegar as 660 maiores cidades do Brasil, como projeta o cofundador e CEO da ALLMobility, Jean Cardoso, que esteve nesta terça-feira (16) na redação do JDV, acompanhado do diretor de expansão, Roberto Franskowiak e de Tiago Bogo, que adquiriu a franquia para atuar em Jaraguá do Sul, como um investimento pessoal.

Leia mais:

Sistema de bikes elétricas compartilhadas começa a funcionar em março em Jaraguá

Entenda o que é a micromobilidade proposta pelo Vereador Reinke em Jaraguá do Sul

VÍDEO: Após flagrar carro com oito crianças, três adultos e mais a mudança, PM rodoviária visita família que passa por dificuldades

Cerca de uma centena de parking zones serão instalados na cidade, em princípio na região central, onde as bicicletas elétricas estarão compartilhadas. O seu uso e pagamento pelo tempo utilizado se dará por meio de aplicativo. Um dos parking zones ficará no estacionamento do JDV, segundo ficou acertado com a direção, como forma de apoio do jornal à iniciativa pioneira.

O sistema a ser utilizado será o dokless (sem estação). O usuário deixará a bicicleta compartilhada num dos parking zones que ficarão em áreas privadas. De acordo com Thiago Bogo, a autonomia da bateria é de 40 minutos e a velocidade máxima fixada em 20 quilômetros horários.

O valor está definido. No primeiro minuto custará R$ 1,00 e depois R$ 0,50 por minuto de utilização. De acordo com o CEO da goMOOV, Jean Cardoso, uma das preocupações é com a segurança, que caberá ao usuário que estiver compartilhando a bicicleta elétrica.

“Esse sistema contribui com a mobilidade urbana e com a sustentabilidade, é algo inovador que tem ajudar as pessoas que necessitam de um transporte rápido e eficiente para a locomoção. É mais um serviço que vem somar-se à cultura empreendedora de Jaraguá do Sul”, completa o franqueado Thiago Bogo.

Receba as notícias do JDV no seu WhatsApp!

Notícias relacionadas

x