Geral

[VÍDEO] Sucatas Mader completa 30 anos em Jaraguá do Sul

A reciclagem de metais consiste basicamente na coleta, separação por tipo, separação de impurezas, compactação, fundição e conformação

16/04/2021

Por

Jornalista apaixonada por cultura e segurança pública

[VÍDEO] Sucatas Mader completa 30 anos em Jaraguá do Sul

Quem vê a empresa de 12 mil metros quadrados atualmente não imagina o começo dessa história. Em 1991, um jovem casal desempregado e cheio de dívidas resolve começar um negócio próprio nos fundos de casa. A iniciativa partiu da mulher de seu Hilário Mader, dona Celiria, na época com 26 e 27 anos, respectivamente.

A ideia era juntar todo tipo de sucata desde peças de motos até peças de fogões, aproveitando a experiência de Hilário nesse ramo na área de compras. Antes dessa decisão, o casal começou a vender peixe, mas faliu. 

“A gente mais comia do que vendia, não deu muito certo”, confessam entre risos. Depois da experiência frustrada no ramo da peixaria, Celiria resolveu mudar de rumo, deixando pra trás até mesmo a profissão de costureira para trabalhar na reciclagem. “Ele tinha ganhado a conta da empresa em que trabalhava comprando cobre, alumínio e eu também estava desempregada, compramos uma caminhonete velha e começamos a juntar sucata”, lembra ela.

Não foi fácil consolidar o negócio que quebrou várias vezes por conta de dívidas e maus investimentos, como lembra seu Hilário.

“Uma vez a gente quebrou feio, quebrou quebrado mesmo. Nós queríamos trocar a caminhonete, né, para um comprar um caminhão maior para expandir, aí compramos um caminhão que para subir o morro a gente tinha que ir a pé do lado, ficamos endividados”, riem.

Foram sete anos para que a empresa começasse a engrenar de verdade e os resultados da persistência e o trabalho incansável começassem a aparecer.

Trinta anos se passaram e muitas coisas mudaram na empresa dos Mader. De dois funcionários, passaram para 26. Da caminhonete velha à uma frota de 12 caminhões. E de uma pequena área de 300 m2, nos fundos de casa, a um espaço próprio equivalente a dois campos de futebol aproximadamente, com uma infraestrutura preparada para comportar o recolhimento de todo tipo de sucata ferrosa e não ferrosa tais como, cobre, alumínio, bronze, latão, antimônio, inox, entre outras. O segredo do sucesso? A vontade de trabalhar e a coragem de empreender.

Entenda o comércio de sucatas

A reciclagem de metais consiste basicamente na coleta, separação por tipo, separação de impurezas, compactação, fundição e conformação. Na Sucatas Mader, algumas das máquinas mais importantes para o processo de separação e limpeza dos materiais foram projetadas pelo próprio seu Hilário. Um engenheiro autodidata.

A grande vantagem da reciclagem de metais é evitar as despesas da fase de redução do minério a metal. Essa fase envolve alto consumo de energia, e requer transporte de grandes volumes de minério e instalações caras, destinadas à produção em grande escala. A reciclagem de metais é bastante importante, pois dependendo da eficiência do processo utilizado, economiza até 40% da energia utilizada na produção primária do metal.

Além disso, são impressionantes as diversas possibilidades de reaproveitamento de resíduos, principalmente àqueles classificados como sucatas. A compra e venda de sucata é um segmento que tem potencial muito grande para recuperação devido à suas características físico-química e que permite ainda a constante reutilização e transformação, sem perder as propriedades e qualidades. Fora o potencial econômico, tanto a compra como a venda de sucata diminui o impacto ambiental não sobrecarregando os aterros sanitários e industriais pelo país. E ainda evita a disposição inadequada em lixões, reduzindo o custo ambiental e social em realizar a logística da coleta e disposição dos resíduos em municípios distantes.

Reportagem: Carla Nunes

Quer saber das notícias de Jaraguá do Sul e Região primeiro? CLIQUE AQUI e participe do nosso grupo de WhatsApp!

 

Notícias relacionadas

x